Cronologia

Confira a cronologia dos principais eventos que marcaram a vida de Stephen Edwin King, e que fizeram dele o homem que conhecemos hoje.


1913

13 DE MARÇO: Nasce Nellie Ruth Pillsbury, uma dos sete filhos de Guy e Nellie Pillsbury, em Scarborough, Maine.


1914

11 DE MARÇO: Nasce Donald Spansky, na cidade de Peru, Indiana. Mais tarde, ele muda o nome para Donald Edwin King.


1939

23 DE JULHO: Donald e Ruth se casam, em Scarborough, Maine.


1945

14 DE SETEMBRO: O recém-nascido David Victor é adotado por Donald e Ruth.


1947

21 DE SETEMBRO: Nasce Stephen Edwin King, filho de Donald King e Nellie Ruth Pillsbury — no Portland General Hospital, Maine — contra todas as expectativas, já que Ruth havia sido informada de que nunca poderia gerar filhos.


1948

DURANTE O ANO: O casamento entre Donald, que trabalhava como marinheiro mercante, e Ruth, pouco a pouco vai se desintegrando com brigas e conflitos.


1949

24 DE MARÇO: Nasce Tabitha Jane Spruce.

SETEMBRO: Certo dia, Donald King diz para Ruth que vai sair para comprar um maço de cigarros. Ele nunca mais volta.


1959

DURANTE O ANO: Um ano após se mudar com a mãe e o irmão para West Durham, para morar com os avós paternos, Stephen descobre o talento dele escrevendo artigos para o jornal de David (“Dave’s Rag”), e opiniões sobre os programas que passavam na TV. Inspirado pelo relativo sucesso deles, Stephen passa a vender contos por 25 centavos. Ele fazia o mesmo na escola, até que os professores o obrigaram a parar.


1960

OUTONO: Stephen acha na casa da tia Ethelyn uma caixa cheia de revistas velhas de horror e ficção-científica que pertenceram ao pai dele. Assim nasce sua paixão pelo gênero. É neste período que ele ganha a primeira máquina de escrever dele.


1962

OUTONO: Stephen entra para a Lisbon Falls High School, onde conhece uma menina pobre que é caçoada por todos no colégio. Mais tarde, seria uma das inspirações para Carrie, a Estranha. A Lisbon Falls, por sua vez, seria um dos cenários do romance Novembro de 63, publicado 49 anos depois.


1963

12 DE SETEMBRO: Stephen King, à beira dos 16 anos, chega da escola e encontra a avó (mãe de Donald) deitada na cama, morta.


1965

DURANTE O ANO: King publica o conto “I Was a Teenage Grave-Robber” numa fanzine chamada Comics Review.


1966

OUTONO: Stephen ingressa na Universidade do Maine, em Orono, onde faz curso de Inglês. Durante os anos de faculdade, King experimenta LSD, mescalina e peiote. Era apenas o começo do vício que o atormentaria por duas décadas.

DURANTE O ANO: Mais ou menos nesta época, Stephen King começa a trabalhar em dois romances: “The Aftermath”, que nunca veria a luz do dia, e “Getting it On”, que seria finalizado entre 1971 e 1972, e publicado em 1977 com o título de Fúria.


1967

OUTONO: Stephen faz a primeira venda profissional da carreira com o conto “The Glass Floor” (O Chão de Vidro) para uma revista chamada Startling Mystery Stories.

DURANTE O ANO: Mais ou menos nesta época, Stephen King finaliza A Longa Marcha.


1968

DURANTE O ANO: Stephen e Tabitha se conhecem na biblioteca da faculdade.

DURANTE O ANO: A revista Ubris publica os contos “Caim Rebelado”, “Aqui Há Tigres”, “Primavera Vermelha” e o poema “Harrison State Park ’68”.


1969

FEVEREIRO: King cria uma coluna semanal no jornal da Universidade. Ele a batiza de “King’s Garbage Truck” (O Caminhão de Lixo de King).

DURANTE O ANO: A Startling Mystery Stories publica “A Imagem do Ceifador”. A Ubris, por sua vez, publica “Ondas Noturnas”, “Stud City” e o poema “The Dark Man” (a gênese do vilão Randall Flagg).


1970

PRIMAVERA: Na Universidade do Maine, Stephen Edwin King se forma. Ele agora é um bacharel em Inglês.

1º DE JUNHO: Nasce a primeira e única filha de Stephen e Tabitha, Naomi Rachel King.

DURANTE O ANO: Mais ou menos nesta época, Stephen finaliza o terceiro romance dele, “Sword in the Darkness” (também chamado de “Babylon Here”). Nas palavras do autor, “o romance é tão ruim que não consigo gostar dele nem quando estou bêbado”. Por isso, ele nunca foi publicado.

DURANTE O ANO: É nesta época que ele também finaliza Blaze. Este romance, entretanto, só seria publicado 37 anos depois. De acordo com King, era uma história muito deprimente e que fazia “A Pequena Vendedora de Fósforos” parecer “Pollyanna” em comparação.

DURANTE O ANO: A revista Cavalier publica o conto “Turno do Cemitério”.


1971

2 DE JANEIRO: Stephen King se casa com Tabitha Spruce, agora Tabitha Spruce King.

DURANTE O ANO: King escreve em um único final de semana O Concorrente. Mas não consegue vendê-lo… ainda.

DURANTE O ANO: A Onan publica o conto “O Compressor de Ar Azul” e o poema “In the Keychords of Dawn”. “Agosto no Brooklyn” é publicado pela revista Io. Já a revista Cavalier publica “Eu Sou o Portal”.


1972

4 DE JUNHO: Nasce o primeiro filho do casal, Joseph Hillstrom King.

DURANTE O ANO: Completado o primeiro esboço de Carrie, a Estranha.

DURANTE O ANO: A Cavalier publica os contos “Campo de Batalha”, “A Máquina de Passar Roupas”, “Que Sofram as Criancinhas” e “A Quinta Quarta Parte” (este último sob o pseudônimo de John Swithen).


1973

DURANTE O ANO: A editora Doubleday compra Carrie, a Estranha, e King passa a escrever em tempo integral, abandonando, assim, o emprego de professor. Ele começa a criar um romance chamado “Second Coming”, futuro ‘Salem.

DURANTE O ANO: A Cavalier publica “O Bicho-Papão”, “Caminhões” e “Massa Cinzenta”. A Mashroots publica “A Gente se Acostuma”.

18 DE DEZEMBRO: Morre Nellie Ruth King, de câncer de pulmão.


1974

5 DE ABRILCarrie, a Estranha (Carrie) é publicado pela editora Doubleday. King recebe US$ 2.500 de adiantamento. Os direitos da brochura são vendidos por US$ 400 mil e King fica com a metade. O livro é dedicado a Tabitha, que o convenceu a continuar escrevendo a história (originalmente um conto), visto que King havia jogado “Carrie” na lata do lixo.

DURANTE O ANO: Stephen finaliza os romances A Autoestrada ‘Salem.

DURANTE O ANO: A Cavalier publica “Às Vezes Eles Voltam”. O conto “Ondas Noturnas” é novamente publicado, desta vez com alterações que possam conectá-lo ao futuro romance A Dança da Morte, que já estava sendo escrito simultaneamente a O Iluminado.


1975

17 DE OUTUBRO‘Salem é publicado pela Doubleday. O livro se chamaria “Second Coming”, mas Tabitha convenceu Stephen a mudar o título, argumentando que havia uma certa conotação sexual nele (“coming” significa “chegar ao orgasmo” em português). Ele mudou, então, para “Jerusalem’s Lot”. Agora foi a editora Doubleday que protestou, pois, ironicamente, o título parecia religioso demais. King finalmente o encurtou para o que permanece até hoje (‘Salem’s Lot). Ele dedica o livro à filhinha Naomi, na época com cinco anos.

DURANTE O ANO: King completa o primeiro esboço de A Dança da Morte.

DURANTE O ANO: A Cavalier publica “O Homem do Cortador de Grama”; The Maine Review publica “The Revenge of Lard Ass Hogan”, que mais tarde seria incorporado à noveleta “O Corpo”.


1976

3 DE NOVEMBRO: Lançamento da adaptação homônima de Carrie, a Estranha nos cinemas norte-americanos. Produção da MGM e direção de Brian De Palma.

DURANTE O ANO: A Cosmopolitan lança “Eu Sei Do Que Você Precisa”; a Cavalier publica “Weeds” e a Penthouse publica “O Ressalto”.


1977

28 DE JANEIRO: King e a editora Doubleday lançam O Iluminado (The Shining), que originalmente possuía mais de 500 páginas. O romance foi cortado a pedido da editora para manter o preço do livro abaixo de US$ 10. A dedicatória é para o pequeno Joe Hill King.

21 DE FEVEREIRO: Nasce o último filho do casal, Owen Phillip King.

28 DE MARÇO: A 49ª premiação do Oscar acontece; entre as indicadas a Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante estão Sissy Spacek e Piper Laurie, respectivamente. Infelizmente nenhuma das duas leva uma estatueta para “Carrie, a Estranha”.

13 DE SETEMBRO: Nasce aquela que seria a sombra de King por oito anos; o pseudônimo Richard Bachman. É neste dia que o romance Fúria (Rage) é lançado. O livro é editado pela Signet Books e dedicado a Susan Artz e W.G.T.

DURANTE O ANO: King completa os primeiros esboços de A Zona MortaA Incendiária Cujo.

DURANTE O ANO: Stephen viaja para a Inglaterra, onde conhece Peter Straub.

DURANTE O ANO: A Penthouse publica “As Crianças do Milharal”; a Gallery lança “O Homem Que Adorava Flores”, a Cavalier publica “O Gato dos Infernos” e a Maine Magazine lança “A Saideira”.


1978

FEVEREIRO: A Doubleday lança a primeira antologia de contos de King. As histórias haviam sido publicadas nos anos 1970 em diferentes revistas. O livro foi chamado de Sombras da Noite (Night Shift).

SETEMBRO: É a vez da publicação do maior de todos os livros já escritos pelo autor: A Dança da Morte (The Stand), que conta a história de um grupo de pessoas tentando sobreviver num futuro obscuro e apocalíptico. Até então, o livro tinha pouco mais de 800 páginas. Ele o dedicou a Tabitha.

DURANTE O ANO: King passa a fazer seminários na Universidade do Maine, em Orono. Alguns desses seminários foram a gênese do livro Dança Macabra. Ele também chega a ser um dos jurados do World Fantasy Awards 1977.

DURANTE O ANO: O conto “Nona” é publicado na antologia Shadows. A revista Fantasy & Science Fiction publica o conto “The Night of the Tiger”; a Cavalier lança “Man with a Belly”.


1979

DURANTE O ANO: Irritado pela Doubleday tê-lo obrigado a cortar um terço de A Dança da Morte, King muda de editora. Ele passa a publicar os próximos livros pela Viking.

JULHO: A Signet lança o segundo romance de Bachman, A Longa Marcha (The Long Walk). Dedicatória para Jim Bishop, Burt Hatlen e Ted Holmes.

AGOSTO: A estreia da Viking como nova editora de Stephen King se dá com A Zona Morta (The Dead Zone), que é dedicado a Owen.

17 E 24 DE NOVEMBRO: O canal americano CBS exibe uma minissérie de duas partes baseada no romance ‘Salem, chamada “Os Vampiros de Salem”. Ela é dirigida por Tobe Hooper e distribuída pela Warner Bros.

DURANTE O ANO: King apronta os esboços de ChristineCemitério Maldito e Dança Macabra, bem como o roteiro do longa-metragem Creepshow: Show de Horrores.

DURANTE O ANO: A revista Gallery publica o conto “The Crate”.


1980

23 DE MAIO: Stanley Kubrick e a Warner Bros. lançam nos cinemas norte-americanos a adaptação homônima de O Iluminado (The Shining).

29 DE SETEMBRO: Viking publica A Incendiária (Firestarter). O romance é dedicado em memória da romancista Shirley Jackson. Somando as obras de ficção e as de Bachman, este é o décimo livro de King a ser publicado.

7 DE NOVEMBRO: Morre Donald King, na cidade de Wind Gap, na Pensilvânia.

DURANTE O ANO: King finaliza o primeiro rascunho de It: A Coisa.

DURANTE O ANO: A família King compra a mansão no Maine onde vivem até hoje.

DURANTE O ANO: Stephen faz uma pontinha no filme “Knightriders”, de George A. Romero.

DURANTE O ANO: O conto “O Macaco” é publicado pela Gallery. A Ellery Queen’s Mystery Magazine publica “A Festa de Casamento”. O conto “O Carrão: Uma História Sobre o Jogo da Lavanderia – O Leiteiro nº 2″ é publicado na antologia New Terrors. O conto “Crouch End” é inserido na antologia New Tales of the Cthulhu Mythos. Já as noveletas “O Pistoleiro” e “O Posto de Parada” são publicadas em The Magazine of Science & Fiction. Por fim, a noveleta “O Nevoeiro” é publicada na antologia Dark Forces.


1981

MARÇO: Signet publica o terceiro romance de Bachman, A Autoestrada (Roadwork), que é dedicado a Charlotte Littlefield.

20 DE ABRIL: King publica o primeiro trabalho de não-ficção dele: Dança Macabra (Danse Macabre).

8 DE SETEMBRO: Chega a vez de Cujo ser publicado pela Viking. O livro é dedicado ao irmão do autor, David.

30 DE OUTUBRO: A revista A Fantasy Reader publica um pedacinho do romance It: A Coisa, chamado “The Bird and the Album”.

1º DE DEZEMBRO: O Grupo Marvel adapta no gibi “Bizarre Adventures nº 29″ o conto “O Homem do Cortador de Grama” (The Lawnmower Man), do livro Sombras da Noite (Night Shift).

DURANTE O ANO: Stephen recebe o “Career Alumni Award” da Universidade do Maine pela carreira de sucessos.

DURANTE O ANOThe Magazine of Science & Fiction publica as últimas três partes do romance O PistoleiroThe Twilight Zone Magazine publica o conto “A Excursão”. O conto “O Homem Que Não Apertava as Mãos” é publicado na antologia Shadows 4. E o conto “O Braço do Mar” é publicado na Yankee Magazine (originalmente com o título “Do the Dead Sing?”).


1982

MAIO: A Signet publica O Concorrente (The Running Man). É o quarto livro lançado com o pseudônimo de King.

10 DE JUNHO: A editora Donald M. Grant, Publisher, Inc. lança O Pistoleiro em versão integral. Este seria o primeiro dos oito volumes da saga épica A Torre Negra (The Dark Tower: Volume I – The Gunslinger). Dedicado a Ed Ferman.

27 DE AGOSTO: A Viking publica a primeira antologia de noveletas de Stephen King: Quatro Estações (Different Seasons). O livro mostra que nem só de terror vive King, e é um enorme sucesso. As histórias são dedicadas a Elaine Koster, Herbert Schnall, George McLeod, Peter Straub, Susan Straub, “Russ” e Florence Dorr.

12 DE NOVEMBRO: Lançamento do filme “Creepshow: Show de Horrores” (Creepshow), uma antologia com cinco histórias (duas delas adaptando os contos “Weeds” e “The Crate”). O filme é dirigido por George A. Romero e produzido pela Warner Bros. Stephen King atua como Jordy Verrill. Um gibi adaptando as histórias do longa também é lançado na época.

25 DE DEZEMBRO: Como “presentes de Natal”, partes de um romance intitulado The Plant são publicadas pela Philtrum Press (editora do próprio King) e enviadas a amigos íntimos e familiares nos Natais de 1982, 1983 e 1985.

DURANTE O ANO: King começa a escrever O Talismã com Peter Straub. Ele também inicia um romance chamado “The Cannibals”, que mais tarde se transformaria em Sob a Redoma. Além disto, ele finaliza A Maldição.

DURANTE O ANO: A Whispers publica “Before the Play”, prólogo do romance O Iluminado. A Gallery lança “A Balsa”. O conto “Sobrevivente” é publicado na antologia Terrors. Já o conto raro “Skybar” é publicado na antologia The Do-it-Yourself Bestseller: A Workbook.

DURANTE O ANO: É neste ano que aparecem os primeiros livros sobre Stephen King. Douglas Winter publica The Reader’s Guide to Stephen King, e a dupla Tim Underwood e Chuck Miller lançam Fear Itself: The Horror Fiction of Stephen King.


1983

29 DE ABRIL: King se despede brevemente da editora Viking com Christine (Christine), dedicado a George Romero e a Chris Forrest Romero.

12 DE AGOSTO: Lançamento da adaptação homônima de Cujo nos cinemas norte-americanos. O filme é dirigido por Lewis Teague.

21 DE OUTUBRO: Lançamento da adaptação de A Zona Morta: “Na Hora da Zona Morta” (The Dead Zone) nos cinemas norte-americanos. O filme é distribuído pela Paramount Pictures e dirigido por David Cronenberg.

14 DE NOVEMBRO: King retorna à Doubleday (parte de um acordo entre as partes para resolver pendências contratuais) e lança um dos maiores clássicos dele (e que ele quase não publicou por considerar uma história muito pesada), Cemitério Maldito (Pet Sematary). Ele o dedica a Kirby McCauley.

NOVEMBRO: A editora Land of Enchantment lança o curto romance A Hora do Lobisomem em edições especiais limitadas.

9 DE DEZEMBRO: Lançamento da adaptação de Christine, “Christine: O Carro Assassino” (Christine) nos cinemas norte-americanos. O filme é distribuído pela Columbia Pictures e dirigido por John Carpenter.

DURANTE O ANO: King finaliza os esboços de O TalismãOs Estranhos e The Napkins, que mais tarde seria rebatizado para Os Olhos do Dragão. Ele também escreve o roteiro do filme “Olhos de Gato”.

DURANTE O ANO: A revista Yankee lança o conto “O Caminhão do Tio Otto” e a Playboy publica “O Processador de Palavras dos Deuses”.


1984

9 DE MARÇO: Lançamento da adaptação do conto “As Crianças do Milharal”, “Colheita Maldita” (Children of the Corn), presente no livro Sombras da Noite (Night Shift), nos cinemas norte-americanos. O filme é produzido pela Angeles Entertainment Group e dirigido por Fritz Kiersch.

11 DE MAIO: Lançamento da adaptação de A Incendiária, “Chamas da Vingança”, nos cinemas norte-americanos. O filme é dirigido por Mark L. Lester e distribuído pela Universal Pictures.

8 DE NOVEMBRO: King, unido a Peter Straub, lança a primeira parte do que seria, futuramente, uma trilogia das desventuras do personagem Jack Sawyer: O Talismã (The Talisman). Ambos os autores dedicam o romance às mães deles. O livro é publicado pela Viking.

20 DE NOVEMBRO: É a vez da editora NAL Books publicar o último livro de Richard Bachman antes da morte por “câncer de pseudônimo” dele:  A Maldição (Thinner), dedicado à esposa, obviamente fictícia, do “autor”, Claudia y Inez Bachman.

25 DE NOVEMBRO: O oitavo episódio do seriado “Contos da Escuridão” adapta o conto “O Processador de Palavras dos Deuses”, da antologia Tripulação de Esqueletos.

DURANTE O ANO: “O Atalho da Sra. Todd” é publicado na revista Redbook Magazine. “Um Mundo de Praias” é publicado na antologia Weird Tales. “Vovó” é publicada na Weird Book Magazine. “The Revelations of ‘Becka Paulson” (mais tarde incorporado ao romance Os Estranhos) é publicado na Rolling Stone. A noveleta “A Balada do Projétil Flexível” é publicada na The Magazine of Science & Fiction.

DURANTE O ANO: O romance Os Olhos do Dragão é publicado numa tiragem especial limitada pela Philtrum Press, mas o lançamento oficial do livro ainda teria de esperar três anos.


1985

MARÇO: O disfarce de Stephen King é finalmente descoberto; a imprensa explode com matérias de que “King é Bachman, e Bachman é King”.

ABRIL: A Signet publica oficialmente A Hora do Lobisomem (Cycle of the Werewolf), dedicado à memória de Davis Grubb.

12 DE ABRIL: Lançamento do filme “Olhos de Gato” nos cinemas norte-americanos; trata-se de mais uma antologia que adapta três histórias, sendo duas delas sobre os contos “O Ressalto” (The Ledge) e “Ex-Fumantes, LTDA.” (Quitters, Inc.), presentes no livro Sombras da Noite (Night Shift). O filme é dirigido por Lewis Teague e distribuído pela Universal Pictures.

21 DE JUNHO: A editora Putnam publica Tripulação de Esqueletos (Skeleton Crew), a segunda coletânea de contos de King. A histórias foram publicadas em revistas durante as décadas de 1960, 1970 e 1980. É dedicada a Arthur e Joyce Green.

4 DE OUTUBRO: A NAL lança a antologia que reúne os quatro primeiros romances de Richard Bachman, Os Livros de Bachman.

11 DE OUTUBRO: Lançamento da adaptação homônima de A Hora do Lobisomem (Cycle of the Werewolf) nos cinemas norte-americanos. Lá, é batizado de “Silver Bullet”. O filme é dirigido por Daniel Attias e distribuído pela Universal Pictures.

1º DE DEZEMBRO: Stephen King, em parceria com diversos autores, como Stan Lee, Alan Moore e George R.R. Martin, contribui em um gibi dos X-Men intitulado “Heroes for Hope”, na intenção de arrecadar dinheiro para ajudar a população pobre da África. Ele contribui escrevendo os diálogos das páginas 10 a 12 da HQ (que são ilustradas pelo amigo dele, Bernie Wrightson).

DURANTE O ANO: O projeto de lançar a versão sem cortes de A Dança da Morte surge neste ano, mas King terá de esperar mais cinco para que isso se torne realidade.

DURANTE O ANO: “O Cadillac de Dolan” é publicado na The Castle Rock Newsletter, uma revista criada pela própria assessoria de King.


1986

14 DE FEVEREIRO: O seriado “Além da Imaginação” adapta, em seu 18º episódio, o conto “Vovó”, da antologia Tripulação de Esqueletos.

25 DE JULHO: A DEG lança nos cinemas norte-americanos “Comboio do Terror” (Maximum Overdrive), adaptação do conto “Caminhões” (Trucks) do livro Sombras da Noite (Nigh Shift). O filme é dirigido pelo próprio Stephen King (que também faz uma pontinha) e é um verdadeiro fracasso de bilheteria.

8 DE AGOSTO: Estreia da adaptação “Conta Comigo” (Stand By Me), baseada na noveleta “Outono da Inocência: O Corpo” (Fall from Innocence: The Body), presente no livro Quatro Estações (Different Seasons). O filme é dirigido por Rob Reiner e distribuído pela Columbia Pictures.

15 DE SETEMBRO: A editora Viking publica um dos mais espetaculares romances de Stephen King, It: A Coisa (It), que é dedicado a Ruth, Tabitha, Joe, Naomi e Owen.

DURANTE O ANO: “O Fim da Confusão Toda” é publicado pela Omni. “For the Birds” é publicado na antologia Bread Any Good Rooks Lately?


1987

DURANTE O ANO: É o ano em que King bate o próprio recorde de livros publicados anualmente: 4.

2 DE FEVEREIRO: É lançado pela Viking Os Olhos do Dragão (The Eyes of the Dragon), dedicado a Naomi Rachel King.

30 DE MARÇO: “Conta Comigo” concorre ao Oscar na categoria de Melhor Roteiro Adaptado, mas não ganha.

1º DE MAIO: A Warner lança nos cinemas americanos a continuação de “Creepshow”, “Creepshow 2″, desta vez com três segmentos, sendo apenas um deles baseado numa história de King: “A Balsa” (The Raft), presente no livro Tripulação de Esqueletos (Skeleton Crew). O filme é dirigido por Michael Gornick.

MAIO: A Donald M. Grant Publisher, Inc. publica a segunda parte da saga A Torre Negra, com A Torre Negra – Volume II:  A Escolha dos Três (The Dark Tower Volume II: The Drawing of the Three). O livro é dedicado ao próprio Donald M. Grant.

8 DE JUNHO: King lança um dos maiores suspenses psicológicos da carreira, Misery: Louca Obsessão (Misery). O romance é dedicado a Stephanie e a Jim Leonard, e é publicado pela Viking.

10 DE NOVEMBRO: A Putnam lança o romance de ficção-científica/horror Os Estranhos (The Tommyknockers). Ele é dedicado a Tabitha.

13 DE NOVEMBRO: A Braveworld Productions lança nos cinemas norte-americanos a primeira adaptação de um livro de Bachman: “O Sobrevivente” (The Running Man), dirigido por Paul Michael Glaser e estrelado por Arnold Schwarzenegger.

22 DE NOVEMBRO: O seriado “Contos da Escuridão” novamente adapta um dos contos de King. Desta vez, trata-se de “Desculpe, Número Certo”, que mais tarde seria publicado na antologia Pesadelos e Paisagens Noturnas.

NOVEMBRO: Após duas décadas sendo escravo das drogas e da bebida, Stephen King recebe um ultimato da esposa. O autor resolve reunir toda a força de vontade que possui e começa a frequentar reuniões de AA, na esperança de se ver livre dos vícios.

DURANTE O ANO: “Popsy” é publicado na Masques II, e “O Caso do Doutor” na antologia As Novas Aventuras de Sherlock Holmes.

DURANTE O ANO: King começa a escrever uma noveleta chamada “Phil & Sundance”, mas nunca chega a finalizá-la.


1988

13 DE FEVEREIRO: Estreia na Broadway da peça baseada no romance Carrie, a Estranha. A peça é um retumbante fracasso e só dura cinco apresentações.

NOVEMBRO: Para compensar a saturação de 1987, 1988 é um ano brando no mundo de King, tanto para os livros quanto para o cinema. Entretanto, ele se une ao fotógrafo f-stop Fitzgerald para fazer Nightmares in the Sky, um livreto com fotos de gárgulas, em que King contribuiu com um ensaio sobre as “criaturas de pedra”.

DURANTE O ANO: A Prime Evil publica o conto “O Piloto da Noite”.


1989

10 DE AGOSTO: King participa de uma compilação de contos chamada Night Visions, contribuindo com três deles: Dedicatória (Dedication), Par de Tênis (Sneakers) e The Reploids, sendo as duas primeiras republicadas alguns anos depois, na antologia Pesadelos e Paisagens Noturnas.

1º DE NOVEMBRO: A Viking lança a primeira parte da trilogia de Castle Rock, o romance A Metade Sombria (The Dark Half), dedicado a Peter e Shirley Sonderegger.

23 DE NOVEMBRO: Mary Lambert dirige “Cemitério Maldito” (Pet Sematary), baseado no livro homômino. O filme é lançado pela Paramount Pictures nos cinemas norte-americanos e agrada a maior parte dos fãs, o que se deve ao fato de que o próprio King supervisionou o roteiro.

DURANTE O ANO: Na antologia Book of the Dead é publicado o conto “Parto em Casa”; na Midnight Graffiti Magazine é publicado “Estação Chuvosa”; e pela Whitney Museum of Art é publicado “Meu Cavalinho Bonito”.


1990

4 DE MAIO: Lançamento do filme “Contos da Escuridão” (Tales from the Darkside: The Movie) nos cinemas norte-americanos. É mais uma antologia de segmentos, dos quais apenas um é baseado numa história de King: “O Gato dos Infernos” (The Cat from Hell), presente na antologia Ao Cair da Noite. O filme foi dirigido por John Harrison.

MAIO: A Doubleday relança A Dança da Morte em sua versão integral com mais ou menos 400 páginas adicionadas.

SETEMBRO: A Viking lança a coletânea de noveletas (uma delas é a segunda parte da trilogia de Castle Rock) Depois da Meia-Noite (Four Past Midnight). As histórias são separadamente dedicadas a Joe Hill, Chuck Verrill, e em memória do romancista John D. MacDonald.

26 DE OUTUBRO: Estreia “A Criatura do Cemitério” (Graveyard Shift) nos cinemas norte-americanos, baseado no conto “Último Turno” (Graveyard Shift), de Sombras da Noite (Night Shift). O filme é dirigido por Ralph S. Singleton.

18 E 20 DE NOVEMBRO: Exibição no canal americano ABC da minissérie de duas partes “It: Uma Obra-Prima do Medo” (It), baseada no livro It: A Coisa (It). A minissérie é distribuída pela Warner Bros. e dirigida por Tommy Lee Wallace.

30 DE NOVEMBRO: Estreia nos cinemas norte-americanos “Louca Obsessão” (Misery), baseado no livro Misery: Louca Obsessão (Misery). O filme é dirigido por Rob Reiner e distribuído pela MGM.

DURANTE O ANO: A Science Fiction & Fantasy publica “O Dedo Semovente” e a The New Yorker lança “Abaixe a Cabeça”. The Magazine of Horror & Science-Fiction publica o capítulo de abertura da terceira parte da saga A Torre Negra, intitulado “The Bear”.


1991

25 DE MARÇO: A atriz Kathy Bates ganha o Oscar de Melhor Atriz por seu papel em “Louca Obsessão” (Misery). Até hoje, é o único Oscar que uma adaptação baseada em alguma obra de Stephen King já levou.

26 DE ABRIL: O último episódio da série “Monsters” adapta o conto “O Dedo Semovente”, que mais tarde seria publicado na antologia Pesadelos e Paisagens Noturnas.

7 DE MAIO: Estreia do telefilme “Às Vezes Eles Voltam” (Sometimes They Come Back), baseado no conto homônimo, publicado na coletânea Sombras da Noite (Night Shift). É distribuído pela MGM e dirigido por Tom McLoughlin.

16 A 22 DE AGOSTO: Exibição da minissérie de sete episódios “Jovem Outra Vez” (Golden Years) no canal norte-americano CBS. É distribuída pela Laurel Productions e dirigida por Michael Gornick. O roteiro foi escrito por King sem ser baseado em nenhuma obra sua. O autor havia sido orientado a escrever a história com um final aberto para a possibilidade de haver uma segunda temporada. A série, todavia, foi um fracasso, e os planos de segui-la, abandonados.

AGOSTO: A Donald M. Grant Publisher, Inc. lança A Torre Negra – Volume III: As Terras Devastadas (The Dark Tower: Volume III – The Waste Lands), dedicado a Owen King.

OUTUBRO: A Viking lança a terceira e última parte da trilogia de Castle Rock: Trocas Macabras (Needful Things), dedicada a Chris Lavin.


1992

6 DE MARÇO: Estreia nos cinemas norte-americano “O Passageiro do Futuro” (The Lawnmower Man). O filme, em teoria, seria baseado na história “O Homem do Cortador de Grama” (The Lawnmower Man), do livro Sombras da Noite (Night Shift), mas a verdade é que ele é 99,9% diferente do conto. Versões iniciais da película a promoviam como se estivesse relacionada a King, mas o autor processou os produtores do filme e conseguiu remover o nome dele do título e dos créditos. O longa é dirigido por Brett Leonard, estrelado por Pierce Brosnan e distribuído pela New Line Cinema.

10 DE ABRIL: É a vez de “Sonâmbulos” (Sleepwalkers) estrear nos cinemas norte-americanos. O filme é fruto de um roteiro original de King e não se baseia em nenhuma das histórias dele. A películar marca a primeira parceria de King com Mick Garris, e é produzida pela Columbia Pictures.

MAIO: King e a Viking lançam Jogo Perigoso (Gerald’s Game). O livro é dedicado a Margaret Spruce Morehouse, Anne Spruce Labree, Catherine Spruce Graves, Tabitha Spruce King, Stephanie Spruce Leonard e Marcella Spruce.

NOVEMBRO: Lançamento, também pela Viking, de Eclipse Total (Dolores Claiborne). À princípio, fora planejado uma antologia que uniria este romance a Jogo Perigoso, mas King e a editora decidiram lançar os livros separadamente. Dedicado à mãe do autor, Ruth.

DURANTE O ANO: A Shock Rock publica “Sabe, Eles Têm uma Banda dos Diabos”. Já a Cemetery Dance lança “A Dentadura Mecânica”.


1993

23 DE ABRIL: Lançamento nos cinemas norte-americanos da adaptação de A Metade Sombria, “A Metade Negra” (The Dark Half), distribuída pela MGM. O filme é dirigido por George A. Romero.

9 E 16 DE MAIO: O público norte-americano assiste pelo canal ABC à minissérie homônima em duas partes que adapta o livro Os Estranhos (The Tommyknockers). A minissérie é dirigida por John Power e distribuída pela Warner Bros.

27 DE AGOSTO: Os cinemas norte-americanos recebem Trocas Macabras (Needful Things), baseado no romance de mesmo nome. O filme é distribuído pela MGM e dirigido por Fraser Clarke Heston (filho do falecido ator Charlton Heston).

29 DE SETEMBRO: Dedicado em memória do autor Thomas Williams e publicado pela Viking, King lança sua terceira antologia de contos: Pesadelos e Paisagens Noturnas (Nightmares and Dreamscapes). No Brasil e em alguns outros países, o livro é dividido em duas partes.

DURANTE O ANO: A antologia First Words publica “Jhonathan and the Witchs”.


1994

8 A 29 DE MAIO: No canal norte-americano ABC, estreia a minissérie A Dança da Morte (The Stand) baseada no livro de mesmo nome. A minissérie de quatro episódios foi distribuída pela Warner Bros. e dirigida por Mick Garris.

1º DE AGOSTO: King lança um livro de não-ficção sobre a turnê da banda amadora da qual fez parte, “The Rock Bottom Remainders”, em Mid-Life Confidential.

15 DE SETEMBRO: A Viking lança Insônia (Insomnia). O romance é dedicado a Al Kooper e a Tabitha.

23 DE SETEMBRO: Estreia nos cinemas norte-americanos aquela que seria considerada por muitos a melhor adaptação já feita sobre uma história de Stephen King: “Um Sonho de Liberdade” (The Shawshank Redemption), baseada na noveleta “Primavera Eterna: Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank” (Hope Springs Eternal: Rita Hayworth and the Shawshank Redemption), do livro Quatro Estações (Different Seasons). O filme foi distribuído pela Warner Bros. e dirigido por Frank Darabont.

DURANTE O ANOThe New Yorker publica “O Homem de Terno Preto”. A Famous Monsters of Filmland #202 publica “The Killer”. A Antaeus publica uma versão antiga da noveleta “Blind Willie”, e a Salt Hill Journal publica “Dino”, um poema.


1995

3 DE MARÇO: Estreia nos cinemas norte-americanos o filme “Mangler: O Grito do Terror” (The Mangler), baseado no conto “A Máquina de Passar Roupas” (The Mangler), do livro Sombras da Noite (Night Shift). O filme é distribuído pela New Line Cinema e dirigido por Tobe Hooper.

24 DE MARÇO: Estreia nos cinemas norte-americanos Eclipse Total (Dolores Claiborne), baseado no romance de mesmo nome. É distribuído pela Warner Bros. e dirigido por Taylor Hackford.

27 DE MARÇO: “Um Sonho de Liberdade” concorre a sete categorias no 67º Oscar: Melhor Ator (Morgan Freeman), Melhor Cinematografia, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora, Melhor Filme, Melhor Som, e Melhor Roteiro Adaptado. Incrivelmente, não ganha em nenhuma.

14 E 21 DE MAIO: Estreia no canal norte-americano ABC uma minissérie em dois episódios baseada na noveleta “Os Langoliers” (The Langoliers), do livro Depois da Meia-Noite (Four Past Midnight): “Fenda no Tempo” (The Langoliers). Ela é dirigida por Tom Holland e distribuída pela Laurel Entertainment, Inc.

JUNHO: A Viking lança em junho Rose Madder (Rose Madder), dedicado a Joan Marks.

DURANTE O ANO: A antologia Dark Love publica “Almoço no Café Gotham” e a USA Weekend lança “A Moeda da Sorte”.


1996

28 DE MARÇO A 29 DE AGOSTO: A Signet lança, entre março e agosto, um romance em série de seis partes, ideia que King pegou emprestada de Charles Dickens, intitulado O Corredor da Morte (The Green Mile). Quando a adaptação cinematográfica é lançada no Brasil, três anos depois, a editora Objetiva muda o título do livro para o mesmo do filme: À Espera de um Milagre.

24 DE SETEMBRO: King lança pela editora Viking o romance Desespero (Desperation), ao mesmo tempo em que lança um novo livro de Bachman: Os Justiceiros (The Regulators), este pela editora Dutton. A proposta de King era que ambos funcionassem como romances gêmeos, contendo os mesmos personagens, mas em papéis diferentes. Desespero é dedicado a Carter Withey, enquanto Os Justiceiros é dedicado a Jim Thompson e Sam Peckinpah. Desespero é o último livro de King a ser publicado pela editora Viking.

25 DE OUTUBRO: Estreia A Maldição (Thinner) nos cinemas norte-americanos. Ele é baseado no romance de Bachman de mesmo nome. O filme é distribuído pela Paramount Pictures e dirigido por Tom Holland.

25 DE OUTUBRO: No mesmo dia que o lançamento de “A Maldição”, Michael Jackson entra para o livro dos recordes por fazer parte do clipe musical mais longo do mundo (até então), que é baseado numa ideia de Stephen King: “Ghosts”.


1997

DURANTE O ANO: A Philtrum Press de King lança uma compilação de seis contos intitulada Six Stories, cinco deles já publicados no Brasil.

27 DE ABRIL A 1º DE MAIO: Por não gostar muito da versão de Kubrick, King lança uma minissérie baseada no romance O Iluminado em parceria com o amigo e diretor Mick Garris. Ela é distribuída pela Warner Bros e exibida pela ABC.

13 DE MAIO: Estreia do telefilme “A Maldição de Quicksilver” (Quicksilver Highway), que contém duas histórias; uma delas baseada no conto “A Dentadura Mecânica” (Chattery Teeth), do livro Pesadelos e Paisagens Noturnas (Nightmares & Dreamscapes). O filme é dirigido por Mick Garris.

6 DE JUNHO: O seriado “A Quinta Dimensão” adapta, em sua terceira temporada, o conto “The Revelations of ‘Becka Paulson”.

4 DE NOVEMBRO: Dedicado a Julie Eugley e a Marsha DeFilippo, a Donald M. Grant, Publisher, Inc. lança A Torre Negra – Volume IV: Mago e Vidro (The Dark Tower: Volume IV – Wizard and Glass).

1º DE DEZEMBRO: Michael Carneal, de 14 anos, abre fogo contra um grupo de estudantes no Colégio Heath, em Paducah, Kentucky. Três garotas morrem e cinco ficam feridas. A polícia acha uma cópia de Fúria (Rage) no armário estudantil do rapaz. King decide tirar o livro do mercado para sempre, justificando que não quer ter sua obra servindo como catalisadora para tais incidentes.

DURANTE O ANOThe Magazine of Fantasy & Science-Fiction publica a noveleta “Tudo é Eventual”.


1998

6 DE FEVEREIRO: Mark Pavia dirige para a HBO o telefilme “Voo Noturno” (The Night Flier), baseado no conto “O Piloto da Noite” (The Night Flier), do livro Pesadelos e Paisagens Noturnas (Nightmares & Dreamscapes).

8 DE FEVEREIRO: Stephen King contribui para o seriado “Arquivo X” (The X-Files) escrevendo o roteiro de “Chinga”. O episódio, entretanto, acaba ficando bastante diferente da ideia original do autor após ser revisado pelos roteiristas da série.

22 DE SETEMBRO: A editora Scribner, que até hoje publica as obras do autor, lança o primeiro livro “kingiano” dela. Trata-se de Saco de Ossos (Bag of Bones), que é dedicado a Naomi.

23 DE OUTUBRO: Estreia “O Aprendiz” (Apt Pupil) nos cinemas norte-americanos. O filme é dirigido por Bryan Singer e distribuído pela Columbia Pictures. O longa é baseado na noveleta “Verão da Corrupção: Aluno Inteligente” (Summer of Corruption: Apt Pupil), do livro Quatro Estações (Different Seasons).

DURANTE O ANOThe New Yorker publica “Você Só Pode Dizer o Nome Daquela Sensação em Francês”. A antologia Legends lança “As Irmãzinhas de Eluria”.


1999

14 A 18 DE FEVEREIRO: Exibição no canal ABC da minissérie em três capítulos “A Tempestade do Século” (Storm of the Century), com roteiro original de King, direção de Craig R. Baxley e distribuição pela Trimark Pictures. Um livro com o roteiro intacto de Stephen King é lançado 13 dias antes da exibição da primeira parte da minissérie.

6 DE ABRIL: A Scribner lança The Girl Who Loved Tom Gordon, e King o dedica ao filho Owen.

19 DE JUNHO: Enquanto fazia uma caminhada habitual em North Lovell, Stephen King é atropelado pela van de um motorista que fora distraído pelo cachorro dele. O autor é levado para o hospital onde passa por várias cirurgias. Por muito pouco, Stephen não morre. A convalescença, que durará mais ou menos cinco anos, será uma experiência que rivalizará o sofrimento da luta do escritor contras as drogas e o álcool.

14 DE SETEMBRO: King lança com a Scribner Hearts in Atlantis, um livro que mistura contos e noveletas que se interligam em certos pontos. O livro é dedicado a Joe, à esposa dele, Leanora, e ao filho recém-nascido do casal, Ethan.

22 DE NOVEMBRO: A Simon & Schuster Audio lança o audiobook “Blood and Smoke”, com contos publicados mais tarde na antologia Tudo é Eventual.

10 DE DEZEMBRO: Estreia nos cinemas norte-americanos “À Espera de um Milagre” (The Green Mile), baseado no romance de mesmo nome. Distribuído pela Warner Bros. e dirigido por Frank Darabont.

DURANTE O ANO: Nasce Ethan, filho de Joe e Leanora.

DURANTE O ANO: A antologia 999 publica “O Vírus da Estrada Vai para o Norte”.


2000

14 DE MARÇO: Lançamento do e-Book “Andando na Bala”. Durante as primeiras 24 horas, a noveleta vende 400 mil cópias.

26 DE MARÇO: “À Espera de um Milagre” concorre ao Oscar em quatro categorias: Melhor Filme, Melhor Edição de Som, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Ator Coadjuvante (Michael Clarke Duncan). Assim como “Um Sonho de Liberdade”, não ganha em nenhuma.

SETEMBRO A DEZEMBRO: King tenta relançar The Plant, desta vez no formato e-book. Ele escreve mais três partes e faz um trato com os leitores: eles devem pagar US$ 1 por cada capítulo, ou então ele parará a história novamente.

3 DE OUTUBRO: A Scribner lança Sobre a Escrita, mais um livro de não-ficção de King. Já a Book of the Month Club lança, no mesmo dia, Secret Windows, outro livro de não-ficção, que serve de “acompanhante” de Sobre a Escrita.

DURANTE O ANO: A antologia NECON XX publica “The Old Dude’s Ticker”.


2001

DURANTE O ANO: King percebe que o trato que fez com os fãs não está dando certo, pois os mesmos não estão pagando pelos capítulos de The Plant, e decide abandonar o projeto. A história está sem continuação até hoje.

20 DE MARÇO: King publica O Apanhador de Sonhos (Dreamcatcher) pela Scribner; é dedicado a Susan Moldow e Nan Graham.

15 DE SETEMBRO: King e Peter Straub se unem novamente para lançar o segundo livro da trilogia de Jack Sawyer, A Casa Negra (Black House); dedicado a David Gernert e a Ralph Vicinanza. O romance é publicado pela Random House.

28 DE SETEMBRO: O diretor Scott Hicks e a Warner Bros. lançam nos cinemas norte-americanos “Lembranças de um Verão” (Hearts in Atlantis), baseado na primeira noveleta de Hearts in Atlantis.

DURANTE O ANOThe New Yorker publica “Tudo O Que Você Ama Lhe Será Arrebatado” e “A Morte de Jack Hamilton”.


2002

27 A 29 DE JANEIRO: Estreia no canal ABC a minissérie em três partes “Rose Red: A Casa Adormecida” (Rose Red), dirigida por Craig R. Baxley. A minissérie conta com roteiro original de King. O DVD é distribuído pela LionsGate.

19 DE MARÇO: King publica pela Scribner uma nova antologia: Tudo é Eventual (Everything’s Eventual); dedicada a Shane Leonard.

16 DE JUNHO: Estreia o seriado “O Vidente” (The Dead Zone) na USA Network. A série é baseada no romance A Zona Morta (The Dead Zone), e é estrelada por Anthony Michael Hall. O seriado dura seis temporadas até ser cancelado em 2007.

24 DE SETEMBRO: A Scribner publica Buick 8, e King dedica o livro a Surendra e Geeta Patel.


2003

19 DE MARÇO: Estreia nos cinemas norte-americanos “O Apanhador de Sonhos”, baseado no livro homônimo. O filme é dirigido por Lawrence Kasdan e distribuído pela Warner Bros.

JULHO: King começa a escrever uma coluna sobre variedades chamada The Pop of King para a revista Entertainment Weekly. Ele acabou abandonado-a em janeiro de 2011.

4 DE NOVEMBRO: Dedicado a Frank Muller, a Donald M. Grant Publisher, Inc. lança A Torre Negra – Volume V: Lobos de Calla (The Dark Tower: Volume V – Wolves of the Calla).

DURANTE O ANOThe New Yorker publica “O Sonho de Harvey”; a Esquire publica “Posto de Parada” e a McSweeney Mammoth Treasury of Thrilling Tales publica um pedacinho do romance Lobos de Calla. A antologia Borderlands 5 publica “A Bicicleta Ergométrica”.


2004

3 DE MARÇO: Estreia a série (de apenas uma temporada) “Kingdom Hospital”. Esta é a adaptação de King de uma minissérie realizada por Lars Von Trier. A série é dirigida por Craig R. Baxley e distribuída pela Columbia Pictures.

12 DE MARÇO: Estreia nos cinemas norte-americanos “A Janela Secreta” (Secret Window), baseado na noveleta “Janela Secreta, Secreto Jardim” (Secret Window, Secret Garden), do livro Depois da Meia-Noite (Four Past Midnight). O filme é dirigido por David Koepp, estrelado por Johnny Depp e distribuído pela Columbia Pictures.

8 DE JUNHO: King lança a penúltima parte de seu grande épico com A Torre Negra: Volume VI – Canção de Susannah (The Dark Tower: Volume VI – Song of Susannah). O livro é dedicado a Tabitha.

21 DE SETEMBRO: No seu aniversário de 57 anos, King presenteia os leitores constantes com o final da jornada do pistoleiro Roland Deschain, em A Torre Negra: Volume VII – A Torre Negra (The Dark Tower: Volume VII – The Dark Tower). O livro é lançado pela Donald M. Grant Publisher, Inc. e é dedicado, obviamente, ao leitor constante que esteve com Roland e o ka-tet por tanto tempo.

15 DE OUTUBRO: Mick Garris mais uma vez dirige uma adaptação de uma história de King. Desta vez, é “Montado na Bala” (Riding the Bullet), baseada na noveleta “Andando na Bala” (Riding the Bullet), do livro Tudo é Eventual (Everything’s Eventual). O filme é distribuído pela LionsGate.

2 DE DEZEMBRO: Em parceria com Stewart O’Nan, King lança o livro de não-ficção Faithful. A obra reúne conversas da dupla no mágico ano em que o time do coração de beisebol deles, os Boston Red Sox, ganhou o campeonato nacional.

DURANTE O ANOMcSweeney Enchanted Chamber of Astonishing Stories publica um pedaço do romance LOVE: A História de Lisey.


2005

4 DE OUTUBRO: King resolve inovar e publica um romance noir de mistério pela Hard Case Crime chamado The Colorado Kid. É dedicado a Dan J. Marlowe.

DURANTE O ANOThe Weekly Reader convida jovens a terminarem um conto começado por King intitulado “The Furnace”; a Terror’s Echo publica “As Coisas Que Eles Deixaram Para Trás”.


2006

24 DE JANEIRO: King lança mais um romance com tema apocalíptico. Trata-se de Celular (Cell). Ele é publicado pela Scribner e dedicado ao escritor Richard Matheson e ao diretor George A. Romero.

23 DE MAIO: Estreia o telefilme “Desespero” (Desperation), baseado no romance de mesmo nome. O filme é dirigido por Mick Garris e distribuído pela Warner Bros.

12 DE JULHO: Estreia na TNT a minissérie de oito capítulos “Pesadelos e Paisagens Noturnas”, baseada em alguns contos de Pesadelos e Paisagens NoturnasTudo é Eventual e Sombras da Noite.

24 DE OUTUBRO: A Scribner publica LOVE: A História de Lisey (Lisey’s Story). O livro é dedicado a Tabitha.

DURANTE O ANO: A Playboy publica “Willa” e a Tin House lança “Memory” (um pedacinho do romance Duma Key).


2007

1º DE ABRIL: A Marvel lança a primeira edição de uma série de histórias em quadrinhos baseadas no épico A Torre Negra. Os gibis cobrem as histórias mostradas em flashbacks nos livros 1, 4, 5 e 7 da saga. A série termina com trinta edições, sendo a última delas lançada em junho de 2010.

12 DE JUNHO: King lança pela Scribner o último livro publicado, até hoje, pelo pseudônimo Richard Bachman. O romance se chama Blaze e é dedicado a Tommy Spruce, Lori Spruce e James T. Farrell.

22 DE JUNHO: Estreia nos cinemas norte-americanos o filme “1408” (1408), baseado no conto de mesmo nome do livro Tudo é Eventual (Everything’s Eventual). É dirigido por Mikael Håfström e distribuído pela Dimension Films.

21 DE NOVEMBRO: Frank Darabont retorna com mais uma boa adaptação de King. Desta vez é “O Nevoeiro” (The Mist), baseado na noveleta de mesmo nome, presente no livro Tripulação de Esqueletos (Skeleton Crew). O filme é distribuído pela Dimension Films.

DURANTE O ANO: A Esquire publica “A Corredora”; a Postscripts lança “Tarde de Formatura”; a Playboy publica “Mudo”; The Paris Review lança “Ayana”; a The Magazine of Fantasy & Science-Fiction publica “The New York Times a Preços Promocionais Imperdíveis”.


2008

22 DE JANEIRODuma Key (Duma Key) é lançado pela Scribner e dedicado a Barbara Ann e “Jimmy”.

10 DE SETEMBRO: A Marvel lança a primeira edição da adaptação em quadrinhos do romance A Dança da Morte (“The Stand”). A HQ é finalizada em janeiro de 2012, totalizando seis arcos contendo 31 edições.

11 DE NOVEMBRO: King lança uma nova antologia de contos intitulada Ao Cair da Noite (Just After Sunset), que é dedicada a Heidi Pitlor; a Scribner é a editora.


2009

20 DE JANEIRO: A Pocket Books lança a antologia Stephen King Goes to the Movies, que possui contos de King já publicados em outros livros. A única novidade são pequenas críticas de uma ou duas páginas escritas pelo autor sobre as adaptações baseadas em tais histórias.

1º DE JULHO: A Mind’s Eye Entertainment lança direto em DVD (na Suécia) o filme “Sede de Vingança” (Dolan’s Cadillac), baseado na noveleta ”O Cadillac de Dolan” (Dolan’s Cadillac), do livro Pesadelos e Paisagens Noturnas (Nightmares & Dreamscapes). O filme é dirigido por Jeff Beesley e estrelado por Wes Bentley e Christian Slater. Ficou para dezembro do mesmo ano o lançamento em solo americano.

21 DE OUTUBRO: A Del Rey Comics lança a edição nº 0 do primeiro arco da HQ baseada no romance O Talismã: “The Talisman – Road of Trials”.

11 DE NOVEMBRO: King lança com a Scribner um novo romance épico: Sob a Redoma. O livro tem 1074 páginas.

12 DE NOVEMBRO: Durante a turnê promovendo Sob a Redoma (“Under the Dome”), King avisa que há uma grande possibilidade de ele escrever uma sequência para O Iluminado, intitulada Doutor Sono, bem como um oitavo livro da saga “A Torre Negra”, intitulado O Vento Pela Fechadura (fatos que se tornam realidade nos anos seguintes).

DURANTE O ANO: Lançamento das noveletas “UR” e “A Tribo”, e dos contos “Moralidade” (na Esquire) e “Premium Harmony” (na The New Yorker). A Tin House publica o poema “Mostly Old Men”, e a Playboy o poema “A Igreja de Ossos”.


2010

17 DE FEVEREIRO: King anuncia para esse ano Escuridão Total Sem Estrelas, uma nova antologia de histórias; o livro possui quatro noveletas (um conto extra é adicionado à edição que seria lançada no ano seguinte).

30 DE MARÇO: A Del Rey Comics publica a última edição do primeiro arco de “The Talisman”, prometendo a continuação (A Collision of Worlds) para junho. Entretanto, isto nunca chega a acontecer. A HQ é cancelada sem qualquer justificativa.

20 DE ABRIL: King publica uma noveleta em edição especial chamada Blockade Billy. No mesmo dia, as gravações do piloto de “Haven”, série levemente baseada no livro The Colorado Kid, têm início.

3 DE MARÇO: A noveleta “N.”, do livro Ao Cair da Noite, é adaptada pela Marvel para os quadrinhos numa minissérie de quatro edições; a última delas é lançada em agosto.

7 DE MAIO: A editora Vertigo lança a primeira edição da HQ “Vampiro Americano”; King colabora com o roteiro das cinco primeiras edições.

20 DE MAIO: A Marvel publica a primeira de 30 edições que formariam a adaptação em HQ do volume inicial da saga A Torre Negra; O Pistoleiro. “The Dark Tower: The Gunslinger” é finalizada em julho de 2013.

9 DE JULHO: Estreia pelo canal SyFy a primeira temporada de “Haven”.

9 DE NOVEMBROEscuridão Total Sem Estrelas é lançado, e King o dedica a Tabitha.

DURANTE O ANO: A Playboy publica o poema “Tommy”.


2011

2 DE MARÇO: O lançamento de King do ano é anunciado: Novembro de 63 (11/22/63).

10 DE MARÇO: King publica uma carta aberta aos fãs oficializando o lançamento de O Vento Pela Fechadura, oitavo volume da saga A Torre Negra (que cronologicamente se passa entre os livros 4 e 5), para abril de 2012.

22 DE JUNHO: A Bluewater lança uma HQ biográfica de Stephen King intitulada “Orbit: Stephen King”, mostrando a infância, adolescência e vida adulta do autor.

15 DE JULHO: “Haven” retorna para sua segunda temporada no canal SyFy.

24 DE SETEMBRO: Stephen King lê um pedaço de Doutor Sono em público, confirmando que o romance seria lançado no segundo semestre de 2012, fato que acabou não se realizando.

8 DE NOVEMBRO: O épico de viagem no tempo Novembro de 63 não surpreende ao se tornar um estrondoso sucesso. O livro é dedicado à neta recém-nascida do escritor, Zelda, filha de Joe (Hill) King.

11 E 12 DE DEZEMBRO: Estreia no canal A&E, em forma de minissérie de dois capítulos, a adaptação homônima do livro Saco de Ossos (Bag of Bones). A minissérie é dirigida por Mick Garris e estrelada por Pierce Brosnan.

DURANTE O ANO: Lançamento dos contos “Herman Wouk Ainda Está Vivo”, pela Atlantic Magazine; “O Pequeno Deus Verde da Agonia”, na antologia A Book of Horrors; e “A Duna”, na antologia Granta.


2012

14 DE FEVEREIRO: É lançada a HQ “Road Rage”, dividida em quatro edições. As duas primeiras adaptam a noveleta “A Tribo”, história que King escreveu em parceria com o filho, Joe Hill. As outras duas edições adaptam o telefilme “Encurralado”, dirigido por Steven Spielberg em 1971.

MARÇO: King resolve empurrar o lançamento de Doutor Sono para 2013.

4 DE ABRIL: Depois de 12 anos de planejamento, finalmente “Ghost Brothers of Darkland County”, peça escrita por Stephen King em parceria com o músico John Mellencamp, estreia. A première acontece em Atlanta, Georgia, no Alliance Theater.

9 DE ABRIL: Stephen termina um novo livro chamado Joyland, que está em processo de edição. É confirmado que o romance será lançado oficialmente no dia 4 de junho de 2013 pela Hard Case Crime, mesma editora que publicara The Colorado Kid oito anos antes.

24 DE ABRIL: O Vento pela Fechadura, oitavo livro da saga A Torre Negra, é lançado.

22 DE JUNHO: Stephen King se reúne com seus velhos amigos para fazer o último show da banda amadora dele, “The Rock Bottom Remainders”, em Los Angeles. No dia seguinte, eles encerram a turnê em Anaheim, Califórnia (onde a banda foi fundada).

JULHO A AGOSTO: Stephen e Joe publicam a noveleta “In the Tall Grass”; ela é lançada pela revista Esquire em duas edições. O audiobook da história é lançado em outubro.

21 DE AGOSTO: King faz uma segunda parceria com Stewart O’Nan (Faithful), quando publica, em formato digital, a noveleta “A Face in the Crowd”.

18 DE SETEMBRO: É anunciado que Doutor Sono, sequência de O Iluminado, será lançado no dia 24 de setembro de 2013, três dias após o 66º aniversário de King.

21 DE SETEMBRO: No dia do 65º aniversário de Stephen King, estreia a terceira temporada de “Haven”. A temporada seria finalizada no dia 14 de dezembro, mas o SyFy acabou empurrando os últimos dois episódios para o dia 19 de janeiro de 2013.

7 DE DEZEMBRO: King faz uma palestra na Universidade de Lowell, Massachussetts. Lá, ele lê o novo conto “Vida Após a Morte”, além de falar dos planos para um futuro romance a ser lançado em 2014: Mr. Mercedes.

DURANTE O ANO: A Harper’s Magazine publica “Batman e Robin Têm uma Discussão”.


2013

25 DE JANEIRO: King publica em formato digital o ensaio “Guns”, onde discute os prós e contra do porte de armas. O texto é um reflexo do tiroteio na escola Sandy Hook, em Connecticut, ocorrido em dezembro de 2012.

4 DE JUNHO: É lançado nos Estados Unidos o romance Joyland (dedicado ao falecido autor de ficção-criminal Donald E. Westlake), bem como a versão em audiobook dele. No mesmo dia, é lançado o CD com a trilha sonora de “Ghost Brothers of Darkland County”, a peça que King realizou em parceria com o músico John Mellencamp, em 2012.

18 DE JUNHO: King participa de um e-book sobre a The Rock Bottom Remainders. O livro eletrônico se chama Hard Listening: The Greatest Rock Band Ever (of Authors) Tells All. Ele possui histórias sobre turnês, e-mails trocados entre os integrantes, além de contos escritos por alguns autores, entre eles, King. O conto dele se chama “The Rock and Roll Dead Zone”.

24 DE JUNHO: Estreia no canal norte-americano CBS a primeira temporada de 13 capítulos da série “Under the Dome”, baseada no romance Sob a Redoma. Alguns dias antes, King faz um chat ao vivo com os fãs para responder perguntas sobre a série e o trabalho dele. Na conversa, ele menciona estar trabalhando em um novo romance intitulado Revival.

24 DE JULHO: A Marvel finaliza, após 30 edições, a adaptação do romance O Pistoleiro com a one-shot “So Fell Lord Perth”. Agora, a editora soma 60 edições baseadas no universo d’A Torre Negra.

13 DE SETEMBRO: Estreia no canal SyFy a quarta temporada de “Haven”. A temporada é finalizada no dia 13 de dezembro.

23 DE SETEMBRO: A Scribner lança nos Estados Unidos o romance Doutor Sono. Ele é dedicado ao falecido Warren Zevon, um dos ex-integrantes da banda The Rock Bottom Remainders.

18 DE OUTUBRO: Estreia nos cinemas norte-americanos a nova adaptação homônima de Carrie, a Estranha (no Brasil, a estreia é marcada para 6 de dezembro).

6 DE DEZEMBRO: Stephen King resolve se aproximar mais dos fãs e cria uma conta no twitter: twitter.com/StephenKing.

31 DE DEZEMBRO: A editora Cemetery Dance lança uma antologia com contos de vários autores chamada Turn Down the Lights. Entre os contos selecionados, está “Trovão de Verão”, de Stephen King.

DURANTE O ANO: A Tin House publica “Vida Após a Morte”.


2014

14 DE MARÇO: Para agradecer ao público que o acolheu tão bem durante a turnê europeia de Doutor Sono, Stephen King lança uma noveleta exclusiva (por um tempo) para os franceses e alemães intitulada “Garotinho Malvado”.

3 DE JUNHO: Lançamento norte-americano do romance-thriller Mr. Mercedes.

30 DE JUNHO: Estreia norte-americana da segunda temporada de “Under the Dome”, no canal CBS.

1º AGOSTO: Stephen publica o conto “Aquele Ônibus É Outro Mundo”, na edição de agosto da revista Esquire.

3 DE SETEMBRO: A Marvel Comics lança a primeira edição da adaptação do segundo livro da saga A Torre NegraA Escolha dos Três, e segue até fevereiro de 2017. Com a publicação da última HQ, “The Drawing of the Three” soma 25 edições (cinco arcos com cinco HQs cada). Ao todo, a Marvel fecha a adaptação do universo d’A Torre Negra com 85 edições.

11 DE SETEMBRO: Estreia da primeira parte da 5ª e última temporada de “Haven” no canal SyFy. A temporada possui 26 episódios, sendo 13 deles exibidos em 2014 e o restante no ano seguinte.

3 DE OUTUBRO: Chega aos cinemas norte-americanos a adaptação “Um Casal Perfeito”, baseada na noveleta “Um Bom Casamento”, da antologia Escuridão Total Sem Estrelas.

7 DE OUTUBRO: Lançamento direto em DVD/Blu-ray da adaptação “Pacto Maligno”, baseada no conto “Vovó”, da antologia Tripulação de Esqueletos.

19 DE OUTUBRO: O canal Lifetime exibe o telefilme “Impulso de Vingança”, baseado na noveleta “Gigante do Volante”, presente na antologia Escuridão Total Sem Estrelas.

11 DE NOVEMBRO: O segundo romance inédito do ano, Revival, é lançado nos Estados Unidos pela Scribner.


2015

9 DE MARÇO: A revista The New Yorker publica o conto “Uma Morte”, que seria mais tarde inserido na coletânea O Bazar dos Sonhos Ruins.

2 DE JUNHO: Stephen lança a segunda parte da trilogia do detetive Bill Hodges: Achados e Perdidos.

25 DE JUNHO: Estreia norte-americana da terceira temporada de “Under the Dome”. Após inúmeras modificações na trama, que resultaram em seguidas baixas de audiência e reações negativas dos fãs do livro, a CBS decide cancelar o seriado.

30 DE JUNHO: A Simon & Schuster Audio lança com exclusividade a versão em audiobook do conto “Fogos de Artifício e Bebedeira”, que em novembro seria publicado em O Bazar dos Sonhos Ruins.

30 DE NOVEMBRO: É a vez de mais uma antologia ser lançada: O Bazar dos Sonhos Ruins.


2016

15 DE FEVEREIRO: Estreia do primeiro episódio da minissérie “11.22.63”, baseada no romance Novembro de 63, estrelando James Franco.

12 DE ABRIL: Começam as gravações do filme baseado na saga A Torre Negra. A película tem Idris Elba como Roland Deschain e Matthew McConaughey como “O Homem de Preto”.

7 DE JUNHO: Stephen encerra a trilogia do detetive Bill Hodges com a publicação do romance Último Turno.

10 DE JUNHO: É lançada, diretamente em VOD (Video On Demand), a adaptação do romance Celular: “Conexão Mortal”, estrelando John Cusack e Samuel L. Jackson.

11 DE JUNHO: Stephen anuncia que terminou com Owen o primeiro rascunho do romance Belas Adormecidas.

27 DE JUNHO: Começam as gravações da nova adaptação baseada no romance It: A Coisa, planejada em dois filmes. O primeiro filme é centrado na versão juvenil dos protagonistas. No elenco, estão Bill Skarsgård como Pennywise, e Finn Wolfhard (de “Stranger Things”) como Richie.

14 DE JULHO: Os produtores do filme “A Torre Negra” confirmam que a película serve como uma espécie de sequência para os livros.

18 DE JULHO: Começam as gravações do seriado baseado na noveleta “O Nevoeiro”.

8 DE NOVEMBRO: King e a Universidade do Maine lançam um novo livro de não-ficção chamado Hearts in Suspension, que fala sobre a juventude do autor durante os anos 1960 e as consequências da guerra do Vietnã na vida dele. O livro também conta com a reimpressão da noveleta “Hearts in Atlantis”.

18 DE NOVEMBRO: Na antologia Sunlight or In Shadow: Stories Inspired by the Paintings of Edward Hopper, King publica um novo conto: “The Music Room”.

22 DE NOVEMBRO: King lança, sob o pseudônimo de Beryl Evans, o livro infantil Charlie: The Choo-Choo. A obra pertence ao universo d’A Torre Negra.


2017

16 DE MAIO: Em colaboração com Richard Chizmar, Stephen lança o romance A Pequena Caixa de Gwendy.

22 DE JUNHO: O canal Spike exibe o primeiro episódio da série baseada na noveleta “O Nevoeiro”. A temporada tem dez episódios que jamais conseguem atingir uma boa audiência (o maior público registrado foi de 684 mil telespectadores, justamente no primeiro episódio). A consequência é o cancelamento sumário da série.

31 DE JULHO: Estreia nos cinemas americanos o filme “A Torre Negra”. Infelizmente, a adaptação não é bem recebida. Os planos para as sequências, bem como para a série de TV que narraria a juventude do Pistoleiro, são engavetados. O filme faz meros US$ 113 milhões de dólares na bilheteria.

9 DE AGOSTO: Estreia do primeiro capítulo da série baseada na trilogia do detetive Bill Hodges (Mr. MercedesAchados e Perdidos e Último Turno). A primeira temporada contém dez episódios e adapta o primeiro romance da saga.

9 DE AGOSTO: King revela que o nome do próximo livro dele é Outsider.

SETEMBRO: A edição de verão da revista Ploughshares é lançada com uma nova história de King: “Thin Scenery”, um conto escrito no estilo de uma peça de teatro.

8 DE SETEMBRO: Estreia nos cinemas a primeira parte da nova adaptação do romance It: A Coisa. O filme é um sucesso estrondoso e se torna o longa-metragem de terror mais visto nos cinemas na história, arrecadando um total de US$ 700 milhõess (tornando-se, também, o filme mais rentável baseado numa obra de Stephen King).

26 DE SETEMBRO: Lançamento do romance Belas Adormecidas.

29 DE SETEMBRO: A Netflix lança exclusivamente em streaming a adaptação homônima do romance Jogo Perigoso, dirigida por Mike Flanagan. O filme é bem recebido pela crítica e pelos fãs.

7 DE OUTUBRO: Durante a turnê do livro Belas Adormecidas, King revela que há a possibilidade de ele escrever uma nova história da saga A Torre Negra.

20 DE OUTUBRO: A Netflix faz uma dobradinha e lança outra boa adaptação das histórias de King. Desta vez, é um filme homônimo baseado na noveleta “1922”, da antologia Escuridão Total Sem Estrelas.

23 DE DEZEMBRO: King anuncia que, além de Outsider, outro livro será lançado em 2018: Ascensão.


2018

22 DE MAIO: King recebe das mãos do ator Morgan Freeman o PEN America Literary Service Award, durante a PEN America Literary Gala.

17 DE MAIO: King lança no site oficial dele o conto “Laurie” para ser lido gratuitamente. A história é uma homenagem à cadelinha do escritor, a corgi Molly.

22 DE MAIO: Lançamento do romance Outsider.

25 DE JULHO: Estreia da primeira temporada da série “Castle Rock”, que adapta diversos elementos do mundo criado por Stephen King.

22 DE AGOSTO: Estreia da segunda temporada de “Mr. Mercedes”. A produção do seriado resolveu pular Achados e Perdidos e adaptou Último Turno no segundo ano da série.

4 DE SETEMBRO: É lançada a antologia Terror a Bordo, focada em contos sobre o medo de voar. Vários autores colaboram, incluindo King. O conto dele se chama “O Especialista em Turbulência”.

30 DE OUTUBRO: Lançamento do romance Ascensão.


2019

30 DE JANEIRO: A CBS confirma que encomendou a produção de uma minissérie de 10 horas baseada no romance A Dança da Morte.

31 DE JANEIRO: O site oficial de King anuncia o lançamento do novo livro do autor: O Instituto, previsto para chegar às livrarias no dia 10 de setembro.

5 DE ABRIL: O remake do filme “Cemitério Maldito” é lançado nos cinemas norte-americanos.

18 DE ABRIL: A Cemetary Dance lança a antologia Shivers VIII, com o conto “Squad D”, escrito por King nos anos 1970.

13 DE MAIO: Durante um festival em que volta a tocar com a “The Rock Bottom Remainders”, King anuncia que está trabalhando em um novo livro: Com Sangue, que terá a participação da personagem Holly Gibney, presente na trilogia do detetive Bill Hodges e no romance Outsider.

6 DE SETEMBRO: Estreia nos cinemas norte-americanos a segunda parte da adaptação de It: A Coisa, desta vez focada na fase adulta dos personagens. O filme tem nomes como James McAvoy, Jessica Chastain e Bill Hader no elenco e, assim como o primeiro filme, é bem avaliado pela crítica.

10 DE SETEMBRO: O canal Audience lança o primeiro episódio da terceira temporada de “Mr. Mercedes”. O terceiro ano é baseado no segundo romance da trilogia: Achados e Perdidos.

26 DE SETEMBRO: O canal de streaming Shudder anuncia uma nova adaptação de “Creepshow”. A primeira temporada da nova série tem seis episódios. O primeiro deles adapta o conto “Massa Cinzenta”, da antologia Sombras da Noite.

3 DE OUTUBRO: King anuncia que Com Sangue será uma nova antologia de quatro noveletas.

4 DE OUTUBRO: A Netflix lança a adaptação da noveleta “In the Tall Grass”, escrita por King e Joe Hill. O filme, intitulado “Campo do Medo”, não é bem avaliado pela crítica.

23 DE OUTUBRO: A Hulu lança a segunda temporada de “Castle Rock”, com diversos elementos retirados do romance Misery: Louca Obsessão.

7 DE NOVEMBRO: Lançamento nos cinemas norte-americanos da adaptação do romance Doutor Sono. O filme é bem avaliado pela crítica e pelos fãs por tentar não apenas se manter fiel ao livro de King, mas também criar elos com o filme “O Iluminado”, de Stanley Kubrick. O longa é mais uma direção de Mike Flanagan.

19 DE NOVEMBROA Pequena Caixa de Gwendy ganha uma sequência: Gwendy’s Magic Feather. O livro, porém, é escrito apenas por Richard Chizmar, sem participação de King (exceto pelo prefácio). King justifica sua ausência porque estava ocupado com outros projetos.


2020

12 DE JANEIRO: Estreia na HBO a minissérie homônima baseada no romance Outsider. Com dez episódios, a adaptação tem seu episódio final exibido em 8 de março com boas avaliações da crítica.

15 DE JANEIRO: É anunciado que a nova minissérie baseada em A Dança da Morte deve estrear no último trimestre do ano.

16 DE JANEIRO: A Amazon, que em 2019 havia optado por produzir uma série baseada na saga A Torre Negra (independente do filme de 2017), acaba desistindo de levar o projeto adiante.

17 DE JANEIRO: O canal AMC dá luz verde para produção de uma série baseada no romance Belas Adormecidas.

24 DE JANEIRO: A IDW anuncia que adaptará Belas Adormecidas no formato HQ em dez edições. A primeira delas está prevista para 15 de abril.

1º DE FEVEREIRO: “Desconfortável com a enxurrada de falsas informações” propagadas pelo Facebook e pelo Instagram, King resolve sair dessas redes sociais, permanecendo apenas no Twitter.

20 DE FEVEREIRO: King lança no site da Harper’s Magazine um novo conto: “The Fifth Step”.

8 DE ABRIL: King admite que teve de mudar detalhes em Billy Summers, romance que seria publicado em 2021, por causa da pandemia do coronavírus.

15 DE ABRIL: Lançamento da primeira edição dos quadrinhos que adaptam Belas Adormecidas.

21 DE ABRIL: Lançamento em solo norte-americano da antologia Com Sangue.

3 DE AGOSTO: King anuncia o próximo romance dele, intitulado Depois. A obra tem previsão para ser lançada em 2 de março de 2021.

OUTUBRO: A edição de outubro/novembro da revista Esquire vem acompanhada de um novo conto de Stephen King: “On Slide Inn Road”.

17 DE OUTUBRO: Richard Chizmar anuncia que King voltará para ajudá-lo a escrever a última parte da trilogia de Gwendy, em Gwendy’s Final Task. A previsão do lançamento é para fevereiro de 2022.

26 DE OUTUBRO: O serviço de streaming Shudder exibe um especial de Dia das Bruxas de “Creepshow”, contendo duas adaptações animadas. A primeira delas é “Survivor Type”, baseada no conto “Sobrevivente”, da antologia Tripulação de Esqueletos. Kiefer Sutherland (de “Conta Comigo”) ficou a cargo de dublar o protagonista.

4 DE NOVEMBRO: O serviço de streaming Hulu anuncia o cancelamento da série “Castle Rock” após duas temporadas.

10 DE NOVEMBRO: A HBO anuncia que não fará uma nova temporada de “Outsider”, visto que o livro inteiro já foi adaptado nos dez primeiros episódios, tornando-a, assim, uma minissérie.

17 DE DEZEMBRO: Estreia, no serviço de streaming CBS All Access, a nova adaptação de A Dança da Morte; “The Stand” tem dez episódios lançados semanalmente. O último capítulo foi ao ar em 11 de fevereiro de 2021.


2021

3 DE JANEIRO: Estreia no Brasil a minissérie “The Stand”, distribuída pelo serviço de streaming Starzplay.

28 DE JANEIRO: King anuncia seu segundo romance do ano, Billy Summers, previsto para 3 de agosto.

3 DE FEVEREIRO: A revista McSweeney’s divulga que sua 65ª edição, prevista para 16 de setembro, possuirá um novo conto de King, intitulado “Willie the Weirdo”. Em julho, a publicação acaba adiando o lançamento da edição para janeiro de 2022.

2 DE MARÇO: Lançamento norte-americano do romance Depois, publicado pela editora Hard Case Crime.

1º DE ABRIL: A Shudder lança a segunda temporada do seriado “Creepshow”, com mais seis episódios.

14 DE ABRIL: A editora Cemitery Dance anuncia “Gwendy’s Final Task” para 15 de fevereiro de 2022. O livro é coescrito por Stephen King em parceria com Richard Chizmar, e encerra a trilogia da personagem Gwendy Peterson.

4 DE JUNHO: Estreia simultaneamente nos EUA e no Brasil, através do streaming AppleTV+, a minissérie em oito episódios “LOVE: A História de Lisey”, baseada no romance homônimo.

3 DE AGOSTO: Publicação do segundo romance do ano, Billy Summers.

22 DE AGOSTO: Estreia da primeira temporada da série “Chapelwaite”, que adapta o conto “Jerusalem’s Lot”, da antologia Sombras da Noite.

9 DE SETEMBRO: Em parceria com o grupo de caridade Humble Bundle, Stephen King lança um novo conto intitulado “Red Screen”.

23 DE SETEMBRO: Lançamento da terceira temporada de “Creepshow”.