Roteiros

Além de poemas, contos e romances, Stephen King também já se arriscou diversas vezes no mundo da roteirização. Seja com minisséries, séries ou filmes, o autor encontrou tantos sucessos quanto decepções. A seguir, uma relação com todos os roteiros escritos pelo Mestre do Horror Moderno, incluindo aqueles que nunca chegaram a ver a luz do dia.


Creepshow: Show de Horrores (1982)

Título original: Creepshow

Categoria: Filme

Sinopse: “Creepshow” foi lançado em 1982 com direção do mestre George Romero e roteirização de King. O autor contribuiu com cinco roteiros diferentes, afinal, o filme era uma antologia de histórias curtas. De todas as tramas, duas eram baseadas em contos do próprio King: “Weeds”, que derivou o segmento “A Morte Solitária de Jordy Verrill”, e “The Crate”, no qual foi baseado o segmento “A Caixa”. Já “Dia dos Pais”; “Indo com a Maré” e “Vingança Barata” foram histórias inéditas criadas por King para o filme.

Personagens: Jordy Verrill, Upson Pratt, Richard Vickers, Nathan Grantham


Olhos de Gato (1985)

Título original: Cat’s Eye

Categoria: Filme

Sinopse: Após o sucesso de “Creepshow”, King resolveu escrever o roteiro de um novo filme antológico. Apesar de só conter três histórias, “Olhos de Gato” tem em seus 94 minutos diversos “easter eggs” de outras obras de King. Dos três segmentos, dois são baseados em contos já escritos pelo autor: “Ex-Fumantes, LTDA.” e “O Ressalto”. A terceira história, “O General”, é inédita, e o roteiro deste segmento acabou sendo publicado em 1997, no livro Screamplays.

Personagens: Dick Morrison, Vinny Donatti, Johnny Norris, Sally Ann


A Hora do Lobisomem (1985)

Título original: Silver Bullet

Categoria: Filme

Sinopse: 1985 também foi o ano em que a Universal Pictures lançou a adaptação homônima “A Hora do Lobisomem” com roteiro do próprio Stephen King. Na história, um lobisomem passa a atacar na cidadezinha de Tarker’s Mill sempre que é noite de lua cheia. Nos Estados Unidos, o romance foi republicado naquele ano contando, também, com o roteiro do filme visando a promovê-lo.

Personagens: Marty Coslaw, Jane Coslaw, Joe Haller, Reverendo Lowe


Comboio do Terror (1986)

Título original: Maximum Overdrive

Categoria: Filme

Sinopse: Em 1986, um furor na mídia ocorreu quando Stephen King anunciou que dirigiria seu primeiro filme (e que também seria uma adaptação de seu trabalho). “Comboio do Terror” foi divulgado com um trailer apresentado pelo próprio autor, onde ele prometia a “adaptação definitiva” de uma história de Stephen King. Como a maioria dos fãs sabe, o filme foi um retumbante fracasso na época, embora hoje tenha caído nas graças da categoria “cult”. King, que também cuidou do roteiro do longa, alegou que sua versão (que teria mais sangue e sustos) fora totalmente mutilada pelo estúdio, que queria evitar uma classificação para maiores de 17 anos.

Personagens: Bill Robinson, Bubba Hendershot, Brett Graham, Wanda June


Sorry, Right Number (1987)

Título original: Sorry, Right Number

Categoria: Episódio

Sinopse: No ano seguinte à sua trágica experiência comandando um filme, Stephen King voltou ao que sabia fazer de melhor: escrever. Ele criou o roteiro de “Desculpe, Número Certo”, história que envolve uma mulher recebendo um alerta misterioso sobre o destino trágico que cerca sua família. O texto acabou sendo adaptado como um episódio de “Contos da Escuridão” (Tales from the Darkside); especificamente, o nono episódio da quarta temporada (a última da série). Seis anos depois, o roteiro intacto da história foi publicado na antologia Pesadelos e Paisagens Noturnas.

Personagens: Bill Robinson, Bubba Hendershot, Brett Graham, Wanda June


Cemitério Maldito (1989)

Título original: Pet Sematary

Categoria: Filme

SinopseCemitério Maldito sempre foi um livro muito especial para King. O autor costumava dizer que hesitou bastante antes de entregá-lo ao mundo por considerá-lo demasiado pesado. Portanto, quando a Paramount Pictures anunciou que adaptaria o romance para as telas, King resolveu pessoalmente cuidar do roteiro para garantir um filme fiel àquela história tão arrepiante que havia criado. O resultado foi uma película que, embora não tenha agradado tanto à crítica, foi bem-vista pelos fãs do autor graças à fidelidade do roteiro, à maquiagem dos personagens e à boa atuação do elenco.

Personagens: Louis Creed, Rachel Creed, Gage Creed, Jud Crandall


Jovem Outra Vez (1991)

Título original: Golden Years

Categoria: Minissérie

Sinopse: “Jovem Outra Vez” é uma das raras manifestações televisivas ou cinematográficas que não tem uma obra original de King como inspiração. O autor acordou com o canal CBS que criaria uma leva de episódios sobre um homem que, após ser atingido por altos níveis de radiação, começa a rejuvenescer. A intenção era que o final da história ficasse em aberto, caso viesse a ser um sucesso, de modo que a CBS pudesse encomendar uma segunda temporada. Não foi o caso. Apesar de King ter solicitado mais quatro horas de grade para terminar a história, o canal negou, tornando “Jovem Outra Vez” uma minissérie de sete episódios (dos quais cinco foram roteirizados por King).

Personagens: Harlan Williams, Terry Spann, Ginna Williams, Louis Crewes


Sonâmbulos (1992)

Título original: Sleepwalkers

Categoria: Filme

Sinopse: Em sua primeira colaboração com o diretor Mick Garris, Stephen King escreveu um roteiro original para um filme intitulado “Sonâmbulos”. que versa sobre os dois últimos sobreviventes de uma raça de vampiros que, para se alimentar, sugam a energia vital de mulheres virgens.

Personagens: Charles Brady, Mary Brady, Tanya Robertson, Donald Robertson


A Dança da Morte (1994)

Título original: The Stand

Categoria: Minissérie

Sinopse: Assim como Cemitério MalditoA Dança da Morte sempre foi considerado por King um de seus grandes romances. Por isso, ele resolveu roteirizar pessoalmente a minissérie de quatro episódios que o canal ABC havia encomendado. O diretor Mick Garris retornou para ser parceiro de King neste projeto, e o resultado, como não poderia deixar de ser, foi uma adaptação fiel à obra do autor, que agradou a maior parte dos fãs (embora os efeitos especiais deixem muito a desejar).

Personagens: Stu Redman, Frannie Goldsmith, Abagail Freemantle, Randall Flagg


O Iluminado (1997)

Título original: The Shining

Categoria: Minissérie

Sinopse: Uma das histórias mais famosas que cercam as adaptações das obras de Stephen King, é que ele detestou o que Stanley Kubrick fez com O Iluminado, em 1980. Preferindo focar num suspense psicológico (uma abordagem distinta do romance), Kubrick teve seu filme categorizado por King como “frio”. Acreditando que poderia criar uma adaptação melhor, Stephen novamente se uniu a Mick Garris para roteirizar uma minissérie de três episódios baseada neste, que é um de seus maiores romances.

Personagens: Jack Torrance, Danny Torrance, Wendy Torrance, Dick Hallorann


Feitiço (1998)

Título original: Chinga

Categoria: Episódio

Sinopse: Quando Stephen King contatou a Fox para escrever um episódio para “Arquivo X”, o canal não pensou duas vezes em aceitar a proposta do Mestre do Horror. O resultado foi que, no décimo episódio de sua quinta temporada, a série exibiu “Feitiço” (ou “Chinga”, no original), que põe os agentes Mulder e Scully para enfrentarem uma boneca demoníaca. Apesar de ser fã declarado da série, King sentiu que a Fox e o roteirista Chris Carter (responsável por diversos episódios da série), haviam modificado dramaticamente seu roteiro original.

Personagens: Fox Mulder, Dana Scully, Jack Bonsaint, Melissa Turner


A Tempestade do Século (1999)

Título original: Storm of the Century

Categoria: Minissérie

Sinopse: A história de André Linoge e de sua misteriosa obsessão pela ilha de Little Tall, naquela que ficou conhecida na região como “a tempestade do século”, era um dos projetos mais ambiciosos de King. O autor gostava tanto da história que decidiu que, se o canal ABC recusasse a produção da minissérie de três episódios, ele a transformaria em um romance. Isso, porém, não foi necessário. Dirigido por Craig R. Baxley, “A Tempestade do Século” teve todos os seus episódios roteirizados por King, e que acabaram sendo lançados numa brochura antes da exibição da minissérie para promovê-la.

Personagens: André Linoge, Mike Anderson, Molly Anderson, Sandy Beals


Asylum (2001)

Título original: Asylum

Categoria: Filme

Sinopse: Em 2001, Stephen King foi contratado pela Paramount Pictures para (pela primeira vez) adaptar oficialmente uma história que não era sua. A missão do autor era roteirizar o romance Manicômio (Asylum), de Patrick McGrath, que conta a história de uma mulher que trai seu marido (um diretor de um manicômio) com um de seus pacientes psicóticos. O filme, que teria sido dirigido pelo falecido Jonathan Demme (“O Silêncio dos Inocentes”), acabou sendo engavetado. Em 2005, o romance finalmente foi adaptado como “Paixão Sem Limites”, mas sem qualquer envolvimento de King.

Personagens: Stella Raphael, Edgar Stark, Peter Cleave, Max Raphael


Rose Red: A Casa Adormecida (2002)

Título original: Rose Red

Categoria: Minissérie

Sinopse: Stephen King reeditou sua parceria com o diretor Craig R. Baxley (após se desentender com Steven Spielberg) para roteirizar a minissérie “Rose Red: A Casa Adormecida”, que conta a história de um grupo de paranormais que tenta desvendar os segredos de uma mansão supostamente mal-assombrada. A minissérie é inspirada pelo romance A Assombração na Casa da Colina, de Shirley Jackson. A minissérie foi exibida pelo canal ABC e contou com três episódios (todos roteirizados por King).

Personagens: Joyce Reardon, Steven Rimbauer, Rachel Wheaton, Annie Wheaton


Kingdom Hospital (2004)

Título original: Kingdom Hospital

Categoria: Série

Sinopse: “Kingdom Hospital” foi uma adaptação de Stephen King da minissérie dinamarquesa “Riget”, de Lars Von Trier. Stephen esperava que a série evoluísse para múltiplas temporadas, porém, devida à baixa audiência, o canal ABC optou por não renová-la. King roteirizou nove dos 13 episódios de “Kingdom Hospital” (os restantes ficaram a cargo de Richard Dooling), cuja história girava em torno de médicos e pacientes do hospital Kingdom, que eram assombrados por diversas manifestações sobrenaturais.

Personagens: Dr. Hook, Dr. Stegman, Sally Druse, Jesse James


Desespero (2006)

Título original: Desperation

Categoria: Filme

Sinopse: Quando Stephen King foi avisado pela ABC que sua adaptação de Desespero competiria de frente com a final do “American Idol”, o autor imediatamente soube o que aconteceria, e o nome do telefilme se tornou o seu sentimento. Não adiantou roteirizar a película e contar com seu amigo Mick Garris para dirigi-la; a história de viajantes sequestrados no deserto de Nevada por um misterioso policial foi um tremendo fracasso quando estreou em 2006, sendo atropelado pelo “American Idol”. Amargurado, King culpou a ABC pelo fracasso graças à decisão de colocar “Desespero” contra um dos maiores programas da televisão norte-americana.

Personagens: Collie Entragian, Johnny Marinville, Steve Ames, Mary Jackson


Ghost Brothers of Darkland County (2012)

Título original: Ghost Brothers of Darkland County

Categoria: Peça

Sinopse: Por dez anos, Stephen King e o músico John Mellencamp tentaram levar aos palcos o musical “Ghost Brothers of Darkland County”. O projeto só viu a luz do dia em 2012, contando com música e letra de Mellencamp, direção de T-Bone Burnett e roteirização do próprio King. Na história, dois irmãos que se odeiam são obrigados pelo pai a passar um tempo numa cabana assombrada pelos fantasmas de outros dois irmãos, que também se odiavam em vida.

Personagens: Joe McCandless, Drake McCandless, Frank McCandless


Cabeças Irão Rolar (2014)

Título original: Heads Will Roll

Categoria: Episódio

Sinopse: Stephen King foi convidado para escrever o roteiro do primeiro episódio da segunda temporada de “Under the Dome”. Além de fazer uma pontinha, King também despachou para o além um dos principais personagens ao final do episódio, na tentativa de aumentar o suspense. Não funcionou muito bem. A adaptação de Sob a Redoma sobreviveria apenas mais um ano.

 Personagens: Dale Barbara, Julia Shumway, Big Jim Rennie, Junior Rennie


Um Casal Perfeito (2014)

Título original: A Good Marriage

Categoria: Filme

Sinopse: Stephen King retornou para roteirizar um longa-metragem baseado em uma história sua em 2014. Desta vez, foi a noveleta “Um Bom Casamento”, de Escuridão Total Sem Estrelas, que foi levada aos cinemas. Apesar de contar com roteiro de King e bons nomes no elenco, como Joan Allen e Anthony LaPaglia, a película não foi muito bem avaliada.

Personagens: Darcy Anderson, Bob Anderson, Holt Ramsay, Betty Pike


Conexão Mortal (2016)

Título original: Cell

Categoria: Filme

Sinopse: Stephen King provou o gosto amargo da rejeição uma vez mais ao tentar roteirizar a adaptação do seu romance Celular como longa-metragem. Apesar de um elenco estelar, com John Cusack e Samuel L. Jackson, “Conexão Mortal” foi avaliada como uma das piores adaptações de uma história do escritor. O filme foi gravado em 2014, mas enfrentou grandes dificuldades para encontrar uma distribuidora. No fim, foi lançado diretamente sob o serviço VOD (Video On Demand).

Personagens: Clay Riddell, Tom McCourt, Alice Maxwell, Jordan


Lisey’s Story (2021)

Título original: Lisey’s Story

Categoria: Minissérie

Sinopse: King sempre disse considerar LOVE: A História de Lisey seu livro favorito, uma vez que lidava com muitos pontos importantes da vida do escritor; em especial, o casamento. Portanto, nada mais natural do que King ter se adiantado para escrever os roteiros de todos os oito episódios da adaptação da Apple TV+, que tem a atriz Julianne Moore protagonizando, Pablo Larraín na direção, além de J.J. Abrams na produção executiva.

Personagens: Lisey Landon, Scott Landon, Jim Dooley, Amanda Debuher