Rose Madder


Título Original: Rose Madder


Título Traduzido: Rose Madder (1996Presente)


Ano de Publicação: 1995


Páginas: 480 (Edição de 2012 – Suma de Letras)


Tradução: Myriam Campello


Data de Publicação nos EUA: xx/06/1995


Personagens: Rose Daniels, Norman Daniels, Anna Stevenson, Bill Steiner, Cynthia Smith, Dorcas


Conexões: Misery: Louca Obsessão; Insônia; A Torre Negra


Personagens Citados: Paul Sheldon, Susan Day


Sinopse: Cansada de ser agredida por Norman Daniels, seu marido psicótico, Rose foge de casa em busca de uma nova vida. Utilizando as vantagens que possui por ser um policial, Norman começa uma perseguição implacável para trazer a esposa de volta para casa, mas quando Rose descobre um quadro enigmático, percebe que obteve uma arma extremamente poderosa para sobreviver ao iminente ataque de Norman.


Adaptações: ———-


Derivados: ———-


Disponível no Brasil pelas Editoras: Objetiva (1996); Objetiva (2003); Planeta DeAgostini (2004); Ponto de Leitura (2011); Ponto de Leitura (2012); Suma de Letras (2012)


CURIOSIDADES

– O livro é dedicado a Joan Marks, uma assistente social ativa em Portland, no Maine.

– A personagem Cynthia Smith, presente neste romance, retornaria tanto no livro Desespero, quanto em Os Justiceiros (este assinado por Richard Bachman). Isto faz da personagem a única a participar de mais de um livro assinado por King em conjunção a um assinado por Bachman (embora em Os Justiceiros a personalidade dela seja outra).

– O escritor Paul Sheldon, protagonista de Misery: Louca Obsessão, bem como os romances sobre Misery Chastain, são mencionados no livro. No prólogo, Rose Daniels lê “A Jornada de Misery”. Mais tarde na história, ela lê “O Amante de Misery”.

– Dorcas menciona a cidade de Lud em uma conversa com Rose. Lud é vista em A Torre Negra: Volume III – As Terras Devastadas.

– Anna Stevenson, diretora do abrigo que recebe Rose, é fã da feminista pró-aborto Susan Day, que aparece em Insônia.