Achados e Perdidos


Título Original: Finders Keepers


Título Traduzido: Achados e Perdidos (2016Presente)


Ano de Publicação: 2015


Páginas: 352 (Edição de 2016 – Suma de Letras)


Tradução: Regiane Winarski


Data de Publicação nos EUA: 02/06/2015


Personagens: Bill Hodges, Holly Gibney, Peter Saubers, Morris Bellamy, Jerome Robinson


Conexões: Mr. Mercedes


Personagens Citados: ———-


Sinopse: Em 1978, o criminoso Morris Bellamy assassina o autor John Rothstein por estar insatisfeito com o final de uma série de livros do escritor. Bellamy, contudo, descobre que Rothstein possuía manuscritos de dois novos livros que continuariam a história e resolve escondê-los em sua casa. O assassino, porém, é preso antes que possa fazer qualquer coisa com o material. Décadas depois, Bellamy é solto sob condicional apenas para descobrir que a família Saubers são os atuais moradores de sua antiga casa, e que o garoto Peter Saubers acabou descobrindo o esconderijo dos manuscritos. Começa, então, um jogo de gato e rato em que a única esperança de Peter reside na agência de detetives “Achados e Perdidos”, capitaneada pelo ex-policial Bill Hodges e por sua parceira Holly Gibney.


Adaptações: Mr. Mercedes (20172019)


Derivados: ———-


Disponível no Brasil pelas Editoras: Suma de Letras (2016)


CURIOSIDADES

– O livro é dedicado a John D. MacDonald, mais um nome importante da literatura policial norte-americana. MacDonald, inclusive, é o autor da introdução de Sombras da Noite.

– Ultrapassando seu próprio universo, King resolve inserir na história uma menção ao carro Rolls Royce Silver Wraith, utilizado por Charlie Manx, no romance Nosferatu, de seu filho, Joe Hill.

– O tema de um fã psicótico obcecado por autor de romances já havia sido explorado por King no livro Misery: Louca Obsessão.


CURIOSIDADES COM SPOILERS

– No epílogo do livro, Holly Gibney menciona que uma de suas trilhas sonoras favoritas pertence ao filme Um Sonho de Liberdade” (The Shawshank Redemption).

– Apesar de pertencer à trilogia “Bill Hodges”, os personagens principais do livro (Bill Hodges, Holly Gibney e Jerome Robinson) só aparecem em Achados e Perdidos a partir da metade da história. O vilão Brady Hartsfield tem uma rápida aparição nas últimas páginas do romance.

– O número do quarto onde Brady se encontra no final do livro é 217, mesmo número de um dos quartos mais famosos do romance O Iluminado. Além disso, 2+17=19, número místico da saga A Torre Negra.