A Dança da Morte


Título Original: The Stand


Título Traduzido: A Dança da Morte (1990Presente)


Ano de Publicação: 1978


Páginas: 1248 (Edição de 2013 – Suma de Letras)


Tradução: Gilson Soares


Data de Publicação nos EUA: xx/09/1978


Personagens: Stu Redman, Abagail Freemantle, Fran Goldsmith, Nick Andros, Randall Flagg


Conexões: Os Estranhos


Personagens Citados: Roberta Anderson


Sinopse: Um vírus letal é acidentalmente liberado de um laboratório ultrassecreto nos Estados Unidos. O resultado do descuido é que 99,4% da população mundial é dizimada. Enquanto vários sobreviventes sonham com Mãe Abagail, uma simpática velhinha, chamando-os para um refúgio no Colorado, outros sonham com Flagg, um homem sombrio que os convoca para encontrá-lo em Las Vegas. Na tentativa de reerguer a sociedade como costumavam conhecer, os protegidos de Mãe Abagail percebem que, cedo ou tarde, terão de travar a batalha definitiva pelo futuro da humanidade contra o diabólico Randall Flagg e os subordinados dele.


Adaptações: A Dança da Morte (1994); The Stand (2020)


Derivados: ———-


Disponível no Brasil pelas Editoras: Bertrand Brasil (1990); Objetiva (2005); Suma de Letras (2013); Ponto de Leitura (2014)


CURIOSIDADES

– O livro é dedicado por King à esposa, Tabitha Spruce King.

– Inspirado, em parte, no caso do sequestro de Patty Hearst, em 1974.

– Inspirado também no romance Só A Terra Permanece, de George R. Stewart, que conta a odisseia dos últimos sobreviventes da Terra após a devastação causada por um vírus que dizimou a maior parte da população.

– Planejado como um épico americano à la O Senhor dos Anéis.

– No capítulo 36, há a seguinte citação “…Fran pegara o livro (apesar dos fracos protestos dele) e lera para Gus quatro capítulos de um faroeste daquela mulher que vivia no norte, em Haven”. Esta é uma menção a Roberta “Bobbi” Anderson; a protagonista do livro Os Estranhos. Fica claro que tal detalhe foi adicionado à versão integral do livro, lançada em 1990, visto que Os Estranhos foi publicado em 1987, nove anos após a edição original de A Dança da Morte.

– O décimo primeiro episódio da 1ª temporada do seriado “Revolution” se chama “The Stand”, já o título do 12º episódio da segunda temporada foi batizado de “Captain Trips”. A trama deste episódio gira em torno, é claro, de uma epidemia. Além disso, o vilão da primeira temporada se chama Randall Flynn (curiosamente interpretado por Colm Feore, que deu vida ao perigoso André Linoge, na minissérie “A Tempestade do Século”). Ademais, os protagonistas dão os nomes falsos de Stu Redman e Frannie Goldsmith, no terceiro episódio da primeira temporada, ao chegarem a uma base rebelde.

– Em 2020, diante da pandemia do coronavírus, várias pessoas enviaram mensagens a King para falar que ele havia “previsto”, com o livro A Dança da Morte, o que aconteceria. A isso, o escritor simplesmente pediu desculpas.


CURIOSIDADES COM SPOILERS

– King quase não conseguiu finalizar o romance devido a um bloqueio criativo. Ele conta que, em certa parte da escrita, os heróis haviam se tornado complacentes demais; repetindo os mesmos erros da sociedade extinta. Para consertar isto, King escreveu a parte em que Harold e Nadine constroem uma bomba que mata Nick Andros, Chad Norris e Susan Stern. Com a voz de Mãe Abagail, King explica que Deus permitiu que o atentado acontecesse porque o foco em destruir Flagg estava sendo desviado por causas políticas e inúteis. Quando conta essa história, King costuma brincar que a bomba salvou o livro e que ele só teve de matar metade do elenco principal para conseguir isso.