Tudo é Eventual


Título Original: Everything’s Eventual


Título Traduzido: Tudo é Eventual  (2003Presente)


Ano de Publicação: 2002


Páginas: 464 (Edição de 2013 – Suma de Letras)


Tradução: Myriam Campello


Data de Publicação nos EUA: 19/03/2002


Personagens: Mike Enslin, Dinky Earnshaw, Alan Parker, Roland Deschain


Conexões: A Torre Negra


Personagens Citados: ———-


SinopseTudo é Eventual é a quarta coletânea de contos publicada por King, e a primeira no século XXI. O livro contém 11 contos e três noveletas. Confira a seguir as sinopses das histórias…

Sala de Autópsia 4 (Autopsy Room Four, 1997): Howard está numa verdadeira enrascada; ele foi picado por uma cobra e seu corpo está totalmente paralisado. Dado como morto, ele é levado a uma sala de autópsia, e assiste aterrorizado enquanto os legistas se preparam para cortá-lo ao meio ao som de The Rollings Stones.

O Homem de Terno Preto (The Man in the Black Suit, 1994): enquanto tirava uma soneca durante uma pescaria, o pequeno Gary acorda para tomar um grande susto. À sua frente, está um homem de aparência medonha, vestido com um terno preto; ele diz coisas horríveis a Gary, que logo percebe que está diante de um mal inacreditável.

Tudo O Que Você Ama Lhe Será Arrebatado (All That You Love Will Be Carried Away, 2001): Alfie, um caixeiro viajante, descobriu um curioso hobby de colecionar frases engraçadas escritas nas paredes de banheiros públicos. Contudo, nem tudo é humor para Alfie, que está deprimido e diante de um dilema trágico.

A Morte de Jack Hamilton (Why We’re in Vietnam, 2001): baseando-se na história real de Jack Hamilton, integrante da primeira gangue de John Dillinger, Stephen King cria uma narrativa sobre os últimos dias de Jack, após a turma de gângsters se envolver em um tiroteio com o FBI que acaba mal.

Na Câmara da Morte (In the Deathroom, 1999): Fletcher é um jornalista audacioso que é capturado pelo governo de um país sul-americano. O governo acredita que Fletcher apoia um grupo comunista e os torturadores não pretendem deixá-lo viver, mas Fletcher tem uma carta na manga.

As Irmãzinhas de Eluria (The Little Sisters of Eluria, 1998): bem no início de sua busca pela Torre Negra e pelo maligno Homem de Preto, mas antes de conhecer seu novo ka-tet, o pistoleiro Roland Deschain é levado às pressas para um hospital misterioso, após ser atacado por criaturas mutantes. No local, Roland conhece as irmãzinhas de Eluria, um grupo de enfermeiras que possui outros planos para o pistoleiro além de curá-lo.

Tudo é Eventual (Everything’s Eventual, 1997): o jovem Dinky conhece um homem misterioso que lhe dá o emprego mais fácil do mundo: ficar se divertindo enquanto navega pela Internet. Como recompensa, o rapaz ganha videogames, dinheiro e montes de porcarias para comer. Como nada na vida vem fácil, Dinky logo começa a se questionar se as consequências do seu “emprego” são tão inofensivas assim.

A Teoria de L.T. para Animais de Estimação (L.T.’s Theory of Pets, 1997): neste curioso conto sobre problemas matrimoniais, L.T. conta a um colega sobre o desejo de sua esposa de se separar dele, e de como, durante as discussões, seu gato de estimação ficava do seu lado, enquanto o cachorro do casal o detestava, preferindo a mulher.

O Vírus da Estrada Vai para o Norte (The Road Virus Heads North, 1999): no caminho para Derry, Richard compra um quadro com um passado sangrento. A imagem mostra uma criatura vampiresca e ameaçadora que Richard descobre ser bem real.

Almoço no Café Gotham (Lunch at the Gotham Café, 1995): sem entender direito porque Diane quer o divórcio, Steven concorda em se encontrar com ela e um advogado no Café Gotham, no intuito de lhe cobrar explicações. O grupo, porém, dá o azar de entrar no local bem no dia em que o maître d’ resolve ter um surto psicótico.

Você Só Pode Dizer o Nome Daquela Sensação em Francês (That Feeling, You Can Only Say What It is in French, 1998): durante uma viagem, um casal se vê repetindo os mesmos passos em um loop infinito. Intrigados, eles tentam descobrir uma maneira de se libertarem.

1408 (1408, 1999): Mike Enslin é um autor que ganha a vida escrevendo livros sobre locais assombrados. Apesar disso, Mike não acredita no sobrenatural. Porém, quando é convidado a se hospedar no quarto 1408 do Hotel Dolphin um lugar com fama de ser altamente assombrado , ele se verá obrigado a rever suas convicções.

Andando na Bala (Riding the Bullet, 2000): após ouvir que sua mãe sofreu um derrame, Alan se apressa para encontrá-la. Sem ter meios de locomoção, ele é obrigado a pedir carona na estrada. Contudo, Alan nem desconfia que o motorista que lhe oferece ajuda colocará em suas mãos uma escolha impossível e cruel.

A Moeda da Sorte (The Luckey Quarter, 1995): trabalhando num horrível emprego de camareira para sustentar seus dois filhos imprestáveis, Darlene descobre que sua sorte está para mudar. Alguém deixou de gorjeta para ela uma moeda que, segundo o benfeitor anônimo, lhe trará muita fortuna.


Adaptações: Montado na Bala (2004); Nightmares & Dreamscapes (2006); 1408 (2007)


Derivados: ———-


Disponível no Brasil pelas Editoras: Objetiva (2003); Planeta DeAgostini (2004); Objetiva (2005); Ponto de Leitura (2013); Suma de Letras (2013)


CURIOSIDADES

– O livro é dedicado ao fotógrafo Shane Leonard, que colaborou diversas vezes com King tirando fotos do autor, inclusive para as contra-capas de seus livros.

– Para escolher a ordem dos contos do livro, King pegou 14 cartas de um baralho, relacionou cada carta a uma história, as embaralhou, e saiu pegando uma por uma. O autor brincou que a ordem dos contos da antologia seguinte seria escolhida através de cartas de Tarô.

– King disse duvidar que realmente exista uma boomslang peruana a cobra mencionada no conto “Sala de Autópsia 4” na vida real. O autor admitiu que viu o nome da cobra em um dos romances de Agatha Christie e simplesmente resolveu pegá-lo emprestado por ter gostado.

– Ainda sobre “Sala de Autópsia 4”, King afirmou acreditar que qualquer autor que se preze escreverá, cedo ou tarde, uma história sobre alguém enterrado vivo (ou alguma variação da ideia). No caso de King, ele baseou sua trama no conto “Breakdown”, de Louis Pollock, publicado em 1947 na Collier’s Magazine, e que conta a história de um homem que, após ficar paralisado em um acidente de carro, precisa provar que ainda está vivo. A história de Pollock é, inclusive, citada por King durante seu conto.

– Os contos “Sala de Autópsia 4” e “A Teoria de L.T. para Animais de Estimação” foram publicadas, originalmente, na antologia Six Stories, de 1997. A coletânea também contou com os contos “Almoço no Café Gotham”, “A Moeda da Sorte” e “O Homem de Terno Preto”, embora esses três últimos contos já tivessem publicações prévias. A sexta história do livro é “Blind Willie”, em uma versão ligeiramente diferente daquela que consta em Hearts in Atlantis.

– Em 1995, “O Homem de Terno Preto” foi vencedor do World Fantasy Award e do O. Henry Award na categoria Melhor Conto.

– A noveleta “Tudo é Eventual” foi incluída para ser lida em “Stephen King’s F13”, jogo interativo para PC, que tinha Stephen King como tema.

– De acordo com o autor, a inspiração para noveleta “Tudo é Eventual” veio de uma imagem que lhe passou na cabeça de um jovem jogando moedas por uma grade de esgoto em frente a uma pequena casa.

– King teve a ideia para “O Vírus da Estrada Vai Para o Norte” graças a um quadro que ele havia comprado, mas que sua família inteira havia detestado.

– “1408” foi, segundo King, sua abordagem ao tema “aposento assombrado” de hotel/estalagem, muito embora ele já houvesse escrito O Iluminado anos antes.

– A inspiração para “A Teoria de L.T. para Animais de Estimação” surgiu de uma coluna chamada “Dear Abby”, onde a mencionada Abby respondia perguntas de seus leitores. Em uma certa edição da coluna, Abby aconselhava que dar um animal de estimação como presente era algo horrível, porque quem desse o animal estaria praticamente obrigando o receptor do presente a criá-lo.

– Em outubro de 1994, a revista The New Yorker publicou o conto “O Homem do Terno Preto”; em junho de 1998, publicou “Você Só Pode Dizer o Nome Daquela Sensação em Francês”; em janeiro de 2001, publicou “Tudo O Que Você Ama Lhe Será Arrebatado”, e em dezembro de 2001, “A Morte de Jack Hamilton”.

– Os contos “1408” e “Na Câmara da Morte” foram lançados ao público pela primeira vez no audiobook “Blood & Smoke”. Em 2000, King utilizou o texto de “1408” como exemplo de como escrever um conto, no livro Sobre a Escrita. Já “Na Câmara da Morte”, foi publicado em texto pela primeira vez no “livro-irmão” de Sobre a EscritaSecret Windows.

– “Almoço no Café Gotham” foi publicado, a princípio, na antologia Dark Love, de 1995. A noveleta “As Irmãzinhas de Eluria” foi publicada, pela primeira vez, na antologia Legends, de 1998. Já o conto “O Vírus da Estrada Vai Para o Norte” saiu, originalmente, na antologia 999, de 1999.

– “Tudo é Eventual” é uma noveleta que foi publicada pela primeira vez nas edições de outubro e novembro de 1997 da revista The Magazine of Fantasy & Science Fiction. Já “A Moeda da Sorte”, é um conto que saiu primeiro na revista USA Weekend, em sua edição de junho/julho de 1995.

– “Andando na Bala” foi, originalmente, um e-book que Stephen King lançou por US$ 2,50 em 2000. Durante as primeiras 24 horas em que esteve online, a noveleta foi baixada 400 mil vezes. Com o tráfego lotado de internautas ansiosos para conferir a nova história do Mestre do Horror Moderno, não demorou para o servidor que hospedava o e-book cair.


CURIOSIDADES COM SPOILERS

– Sobre “Na Câmara da Morte”, King descreve que a história tem um tom “Kafka-esco”. Segundo ele, várias histórias com o mesmo tema acabavam com o protagonista sendo torturado até a morte. Por isso, ele resolveu que seu conto teria um final feliz.

– De acordo com King, “O Homem de Terno Preto” foi inspirado em uma história que um amigo lhe contou sobre o avô ter encontrado o diabo sob forma humana. O texto também é inspirado pelo conto “O Jovem Goodman Brown”, de Nathaniel Hawthorne.