Sombras da Noite


Título Original: Night Shift


Título Traduzido: Sombras da Noite (1982Presente)


Ano de Publicação: 1978


Páginas: 416 (Edição de 2013 – Suma de Letras)


Tradução: Adriana Lisboa


Data de Publicação nos EUA: xx/02/1978


Personagens: Charles Boone, Richard Morrison, David Murray, Harold Parkette


Conexões: ‘Salem; A Dança da Morte


Personagens Citados: ———-


SinopseSombras da Noite é a primeira coletânea de contos publicada por King. Ela contém 20 histórias que vão desde puro terror sobrenatural à ficção-científica espacial. Confira as sinopses de cada conto…

Jerusalem’s Lot (Jerusalem’s Lot, 1978): cem anos antes dos eventos terríveis que acometeram a cidadezinha interiorana de Jerusalem’s Lot, no romance ‘Salem, um homem chamado Charles Boone e seu empregado resolvem explorá-la após descobrirem um mapa do vilarejo em uma mansão. Porém, o que os homens vão descobrir no local inóspito está além de suas compreensões.

Último Turno (Graveyard Shift, 1970): um grupo de trabalhadores pago para limpar o porão de uma fábrica têxtil em Gates Falls percebe que organizar o local não será difícil; difícil será sair vivo dele.

Ondas Noturnas (Night Surf, 1969): em um mundo devastado por uma pandemia chamada “Capitão Viajante”, alguns sobreviventes tentam se reerguer nesta nova realidade, embora a esperança tenha sumido do planeta. O conto, apesar de ter sido escrito quase uma década antes, serve como prólogo do romance A Dança da Morte.

Eu Sou o Portal (I Am the Doorway, 1971): explorando o reino da ficção-científica, King narra a história de um astronauta que retorna à Terra após uma expedição em Vênus e descobre que seu corpo está servindo de hospedeiro para misteriosas criaturas.

A Máquina de Passar Roupas (The Mangler, 1972): um policial deve enfrentar uma máquina de lavar roupas possuída por um espírito diabólico, disposto a estraçalhar qualquer um que se aventure perto demais de suas engrenagens.

O Bicho-Papão (The Boogeyman, 1973): um homem frustrado conta ao seu psiquiatra a inacreditável história de como um bicho-papão arruinou sua vida.

Massa Cinzenta (Gray Matter, 1973): um grupo de amigos entra em conflito quando um deles toma uma cerveja estragada e se transforma lentamente numa criatura grotesca. Agora, o dilema de destruir o amigo, ou não, paira sobre eles.

Campo de Batalha (Battleground, 1972): um assassino profissional se vê diante de uma bizarra vingança – uma de suas vítimas lhe enviou um pacote recheado de brinquedos de guerra vivos cujo único objetivo é a aniquilação do matador.

Caminhões (Trucks, 1973): todos os caminhões da Terra ganham vida inexplicavelmente e passam a aterrorizar e exterminar todos os humanos que veem. Um grupo de sobreviventes se refugia num restaurante à beira de estrada sem saber o que fazer. Enquanto isso, os caminhões rondam o local…

Às Vezes Eles Voltam (Sometimes They Come Back, 1974): quando criança, Jim assistiu ao seu irmão mais velho ser brutalmente assassinado por uma gangue de marginais. Décadas depois, Jim agora é um professor e toma um enorme susto quando percebe que seus novos alunos são as mesmas pessoas que mataram seu irmão, e elas não parecem ter envelhecido um dia sequer.

Primavera Vermelha (Strawberry Spring, 1968): neste conto, King narra a história de um assassino misterioso que ataca suas vítimas na universidade de New Sharon durante a chamada “primavera vermelha”.

O Ressalto (The Ledge, 1976): um ex-instrutor de tênis cai numa perigosa cilada. O poderoso homem de quem ele roubou a mulher o capturou. Agora, o traído propõe ao traidor uma aposta – ele continuará vivo, ficará com a mulher e ainda levará uma enorme quantia em dinheiro, se conseguir dar uma volta completa no prédio onde estão, pisando apenas no ressalto que o rodeia.

O Homem do Cortador de Grama (The Lawnmower Man, 1975): Harold, insatisfeito com o estado descuidado de seu jardim, resolve contratar os serviços de um cortador de gramas. Porém, a bizarra maneira com que o homem realiza o trabalho colocará à prova a sanidade de Harold.

Ex-Fumantes, Ltda. (Quitters, Inc., 1978): um homem decide parar de fumar e, para isso, dirige-se à Ex-Fumantes, Ltda., que, segundo dizem, produz métodos bastante eficazes para tanto; tão eficazes que farão você perder o vício do tabaco… se sobreviver.

Eu Sei Do Que Você Precisa (I Know What You Need, 1976): um estranho rapaz finalmente conquista o coração da garota dos seus sonhos; isto porque ele tem o dom de sempre saber quais são as necessidades dela. A moça fica maravilhada com o “sétimo sentido” do rapaz, ou pelo menos até descobrir seu segredo.

As Crianças do Milharal (Children of the Corn, 1977): com o relacionamento em constante desgaste, um casal resolve fazer uma viagem pelo centro dos Estados Unidos. No caminho, são forçados a parar na abandonada cidade de Gatlin, onde percebem que estão sendo vigiados de perto por sinistras crianças com as piores intenções.

O Último Degrau da Escada (The Last Rung on the Ladder, 1978): esquecendo o sobrenatural por um momento, King narra a dramática história de dois jovens irmãos, unidos por um forte laço, e o trágico evento que os separou décadas depois, deixando a um deles apenas culpa e remorso.

O Homem Que Adorava Flores (The Man Who Loved Flowers, 1977): um rapaz radiante caminha pela rua exibindo um largo sorriso no rosto e um buquê de flores na mão. Quem o vê, acredita que ele está indo em direção ao seu grande amor… isso seria uma meia-verdade.

A Saideira (One for the Road, 1977): no apagar das luzes de Sombras da Noite, King agora narra uma história que serve como epílogo para ‘Salem. Três anos após os eventos do romance, uma família se vê presa durante uma nevasca nos arredores de Jerusalem’s Lot. A única esperança dela são dois homens que estavam em um bar nas proximidades. Porém, criaturas com dentes bastante afiados estão à espreita.

A Mulher no Quarto (The Woman in the Room, 1978): encerrando sua primeira antologia com mais um drama, Stephen King aborda a polêmica da eutanásia em uma história sobre um rapaz que não suporta mais ver sua mãe presa a uma cama de hospital.


Adaptações: Colheita Maldita (1984); Olhos de Gato (1985); Comboio do Terror (1986); A Criatura do Cemitério (1990); Às Vezes Eles Voltam (1991); O Passageiro do Futuro (1992); Mangler: O Grito do Terror (1995); Nightmares & Dreamscapes (2006); Chapelwaite (2021)


Derivados: Colheita Maldita II: O Sacrifício Final (1992); Colheita Maldita III: Colheita Urbana (1995); Colheita Maldita IV (1996); Às Vezes Eles Voltam 2 (1996); O Passageiro do Futuro 2 (1996); Trucks: Comboio do Terror (1997); Colheita Maldita V: Campos do Terror (1998); Colheita Maldita 666: Isaac Está De Volta (1999); Às Vezes Eles Voltam… Para Sempre! (1999); Pânico Virtual (2001); Colheita Maldita 7 (2001); Mangler: O Massacre (2005); Colheita Maldita (2009); Colheita Maldita: Genesis (2011); Colheita Maldita: Fugitivos (2018); Creepshow – S01E01: Gray Matter/The House of the Head (2019); Children of the Corn (2020)


Disponível no Brasil pelas Editoras: Francisco Alves (1982); Objetiva (2008); Ponto de Leitura (2013); Suma de Letras (2013)


CURIOSIDADES

– A antologia não possui dedicatória.

– Nove dos 20 contos foram primeiramente publicados em edições da revista masculina Cavalier antes de serem reunidos nesta coletânea, são eles: “Último Turno”; “Eu Sou o Portal”; “A Máquina de Passar Roupas”; “O Bicho-Papão”; “Massa Cinzenta”; “Às Vezes Eles Voltam”; “Caminhões”; “Campo de Batalha” e “O Homem do Cortador de Gramas”.

– Dois dos contos saíram antes na revista Ubris: “Ondas Noturnas” e “Primavera Vermelha”.

– Outros dois na revista Penthouse, voltada para o público adulto: “O Ressalto” e “As Crianças do Milharal”.

– Um dos contos saiu antes na revista Cosmopolitan: “Eu Sei Do Que Você Precisa”.

– A revista Maine também recebeu um conto de Sombras da Noite antes de ele ser reunido nesta antologia: “A Saideira”.

– Por fim, a Gallery publicou “O Homem Que Adorava Flores” antes de o conto ser incluído neste livro.

– Sendo assim, apenas quatro contos de Sombras da Noite nunca haviam sido publicados por King anteriormente: “Jerusalem’s Lot”; “Ex-Fumantes, Ltda.”; “O Último Degrau da Escada” e “A Mulher no Quarto”.

– Assim como o romance Carrie, a Estranha, o conto “Jerusalem’s Lot” é escrito com o método epistolar (a narrativa acontece via documentos, como cartas e matérias jornalísticas).

– Em “Eu Sei Do Que Você Precisa”, o personagem Ed é dono de uma cópia do Necronomicon, livro conhecido pelos fãs de H.P. Lovecraft e do Cthulhu Mythos.

– Parte da inspiração do conto “A Máquina de Lavar Roupas” veio da época em que King trabalhava numa lavanderia industrial, antes de se tornar famoso.

– Em 1983, King foi contatado por um certo Frank Darabont que disse que gostaria de adaptar “A Mulher no Quarto” como curta-metragem, apesar de ainda ser apenas um estudante de cinema. King concordou com o pedido, acreditando que estudantes de cinema adaptando seus contos poderia ser uma ótima ideia. Darabont finalizou seu curta e anos mais tarde foi responsável por dirigir Um Sonho de LiberdadeÀ Espera de um Milagre e O Nevoeiro.

– A introdução do livro foi escrita por um dos autores favoritos de Stephen King: John D. MacDonald.