Hard Listening


Título Original: Hard Listening


Título Traduzido: ———-


Ano de Publicação: 2013


Páginas: 306 (Edição de 2018 – Sam Barry Publishing)


Tradução: ———-


Data de Publicação nos EUA: 18/06/2013


Personagens: ———-


Conexões: ———-


Personagens Citados: ———-


Sinopse: Hard Listening é um livro de não-ficção que celebra a existência da The Rock Bottom Remainders e de seus integrantes. A obra contém diversos textos, entrevistas, fotografias e relatos dos músicos que formavam a banda, incluindo Stephen King, que colabora com um ensaio, um curto conto que mescla ficção e realidade, além da publicação da carta de agradecimento que ele enviou a Kathi Goldmark após a primeira apresentação da banda, em 1992.

No ensaio, intitulado “Just a Little Talent“, King fala sobre como costumava ouvir discos antigos na infância, tentando tocar tais músicas em um violão de seu amigo Chris Chesley. Embora Chris mostrasse aptidão para a coisa, Stephen se via ficando para trás. Isto, segundo ele, porque lhe faltava para a música o mesmo talento que ele tinha para escrita.

No conto bem-humorado “The Rock and Roll Dead Zone“, King se coloca numa história em que recebe a visita de Goochie, um antigo amigo da escola, que lhe sugere investir na construção de um parque aquático com o tema “canções de rock antigas”, com atrações de péssimo gosto e um nome que imita um dos romances de King (A Zona Morta).


Adaptações: ———-


Derivados: ———-


Disponível no Brasil pelas Editoras: ———-


CURIOSIDADES

– O livro é dedicado à fundadora da banda The Rock Bottom Remainders, Kathi Kamen Goldmark, que faleceu em maio de 2012 de câncer de mama.

– O livro faz uma pequena brincadeira ao apresentar quatro contos (dentre eles “The Rock and Roll Dead Zone”) assinados por “Stephen King”, sendo que apenas um deles seria realmente escrito pelo autor. Os outros três contos, “Black Mambo”, “In the Woods” e “Robert Johnson’s Flat-Top”, foram escritos, respectivamente, por Ridley Pearson, Dave Barry e Greg Iles. A brincadeira fez parte de um projeto do jornal Huffington Post para que os leitores tentassem adivinhar qual história havia sido escrita por King; 36% dos leitores acertaram, enquanto 40% da banda (formada por dez integrantes) também acertaram.

– O livro foi publicado exclusivamente no formato e-book em 2013. Já em 2018, a obra finalmente ganhou sua primeira versão em brochura.