Fenda no Tempo


Adaptação do Livro: ———-


Adaptação da Noveleta: Os Langoliers (The Langoliers, 1990)


Título Original: The Langoliers


Ano de Produção: 1995


Duração: 180 minutos


Episódios: 02


Data de Estreia nos EUA: 14/05/1995


Data de Estreia no Brasil: ———-


Elenco: David Morse, Dean Stockwell, Bronson Pinchot, Kate Maberly


Direção: Tom Holland


Sinopse: Durante um voo com destino a Boston, o piloto do avião vê uma estranha aurora boreal no céu e resolve cruzá-la. Horas mais tarde, os poucos passageiros que dormiam quando o evento aconteceu descobrem que o avião está totalmente vazio. Dentre os “sobreviventes”, estão um outro piloto, um escritor, um agente britânico, uma professora e uma menina cega. Eles precisam descobrir rapidamente a resposta do mistério que os cerca, pois um estranho barulho triturante vindo do horizonte começa a ficar cada vez mais intenso.


Disponível no Brasil em: VHS, DVD, Streaming (Darkflix)


EPISÓDIOS

01- Parte I (Part I): O voo 29 da American Pride está voando de Los Angeles com destino a Boston. O piloto da aeronave avista uma bonita aurora boreal no céu e resolve cruzá-la. Horas depois, Dinah Bellman, uma garotinha cega, acorda para perceber que sua tia desapareceu. Na verdade, todos a bordo sumiram com a exceção das pessoas que estavam adormecidas durante o evento. Os que se foram deixaram roupas, joias e arte marca-passos para trás. Um dos dez sobreviventes é um piloto que estava de carona. Ele, porém, não obtém êxito ao tentar contatar o controle de voo pelo rádio. Eles decidem que a melhor estratégia é pousar a aeronave no Bangor International Airport. Os passageiros ficam surpresos ao perceberem que não há viva alma no aeroporto, e ainda mais espantados quando começam a escutar um som triturante no horizonte, aproximando-se cada vez mais. Enquanto isso, o histérico Craig Toomy, um dos sobreviventes, testa a paciência de seus colegas com seu gênio volátil e potencialmente lunático.

02- Parte II (Part II): Os sobreviventes do voo 29 percebem que voltaram no tempo, e que estão em um passado oco, cujo destino é perder sua essência gradualmente. O grupo precisa encontrar uma maneira de decolar novamente, pois deduzem que, se derem meia-volta e atravessarem a aurora boreal novamente, poderão voltar para casa. Os problemas, contudo, não param de crescer. A comida do aeroporto não tem gosto, fósforos não acendem e nada parece funcionar. Além de tudo isso, Toomy vai ficando cada vez mais insano e se provando uma verdadeira ameaça às vidas dos passageiros, que ainda precisam lidar com os Langoliers ― a origem dos sons triturantes.


CURIOSIDADES

– Quando o personagem de Dean Stockwell diz que não é possível viajar no tempo, ele menciona impedir o assassinato de Kennedy. No seriado “Quantum Leap: Contra-Tempos” (1989), o personagem de Dean Stockwell ajuda Sam (Scott Bakula) a tentar parar o assassinato de Kennnedy através de viagem no tempo. O próprio Stephen King escreveu um romance sobre a premissa: Novembro de 63.

– O avião usado no filme é um Lockheed L-1011-385-1 TriStar (N31018) que pertencia a, agora inexistente, Trans World Airlines.

– Na cena em que Craig Toomy tem a alucinação da reunião no meio da pista, o homem na extremidade da mesa perguntando quanto dinheiro ele fez pela companhia é o próprio Stephen King.

– Na noveleta, é dito que não há vento do outro lado da fenda. Como isso seria virtualmente impossível de filmar na vida real, o roteiro alterou a história fazendo um dos personagens apontar que embora haja vento, as nuvens não se mexem.

– A minissérie foi filmada no Bangor International Airport, em Bangor, onde King mora.

– Para quebrar a tensão do seu personagem, o ator Bronson Pinchot (Toomy) fazia imitações para alegrar Kate Maberly (Dinah).

– Primeira de três participações do ator David Morse em adaptações baseadas na obra de King. As outras duas foram “À Espera de um Milagre” (1999) e “Lembranças de um Verão” (2001).


TRAILER