Sleeping Beauties – 02 de 10


Título Original: Sleeping Beauties


Título Traduzido: ———-


Data de Publicação nos EUA: 29/07/2020


Data de Publicação no Brasil: ———-


Páginas: 25


Edição: 02 de 10


Resumo: Anton Dubcek, responsável por limpar a piscina dos Norcross, chega em casa para encontrar sua mãe, Magda, inconsciente e com a cabeça envolta por um casulo. O rapaz tenta removê-lo, mas isso faz com que a mulher acorde transformada numa sociopata violenta. Magda utiliza uma garrafa quebrada para matar o próprio filho e, em seguida, volta a dormir, tendo seu casulo recriado. Na prisão, Jeanette é abusada sexualmente por um guarda, enquanto a mulher que parece ter iniciado a Aurora chega no local. De volta às florestas de Dooling, Lila segue algumas pegadas e encontra diversos animais estranhos vagando pela floresta: um tigre, um pavão e uma cobra vermelha. Na penitenciária, a mulher, agora identificada como Evie, confunde Clint ao mostrar que sabe tudo sobre ele. Ela provoca o psiquiatra quanto à possibilidade de ela estar ligada ao surgimento da Aurora. Evie explica que a transformação não está ligada à ciência, uma vez que mulheres transgêneros também estão sendo envolvidas pelos casulos, mas sim pelo coração dessas pessoas. Enquanto isso, Frank Geary tenta levar a filha pequena a um hospital para curá-la da Aurora, mas acaba encontrando um grupo de cidadãos nervosos que estão tentando entrar em um centro hospitalar feminino fechado. Durante uma confusão, uma das garotas tem seu casulo rasgado e ataca um homem, arrancando seu olho. Em sua cela, Evie conversa com um rato e em troca da promessa de livrá-los do veneno espalhado na prisão, ela pede que ele e outros roedores a ajudem. Estressada pelas consequências da Aurora, a jornalista Michaela Morgan telefona para a mãe, Janice, para contar que está voltando para casa.