O Apanhador de Sonhos


Adaptação do Livro: O Apanhador de Sonhos (Dreamcatcher, 2001)


Adaptação do Conto: ———-


Título Original: Dreamcatcher


Ano de Produção: 2003


Duração: 136 minutos


Data de Estreia nos EUA: 21/03/2003


Data de Estreia no Brasil: 18/04/2003


Elenco: Morgan Freeman, Thomas Jane, Jason Lee, Damian Lewis, Timothy Olyphant


Direção: Lawrence Kasdan


Sinopse: Quatro amigos passam o inverno em uma cabana nas florestas do Maine para caçar. Jonesy, Henry, Beaver e Pete possuem mais do que uma grande amizade; eles têm uma conexão paranormal. Quando crianças, salvaram e fizeram amizade com Duddits, um garotinho com deficiência intelectual, mas que sempre demonstrou possuir um dom muito especial. Agora adultos, o quarteto se vê preso no meio de uma batalha entre as forças militares norte-americanas e uma raça de alienígenas hostis cuja nave caiu nas florestas onde estão. Com os extra-terrestres determinados a dominar o planeta, caberá aos quatro amigos usar o presente de Duddits para salvarem o mundo.


Disponível no Brasil em: VHS, DVD, Blu-Ray, Streaming (HBO Max, Darkflix), VOD (Google Play, Microsoft Store, YouTube, iTunes)


CURIOSIDADES

– Terceira adaptação de uma obra de Stephen King roteirizada por William Goldman. As outras foram “Lembranças de um Verão” (2001) e “Louca Obsessão” (1990).

– O nome do coronel Kurtz foi mudado para coronel Curtis no longa, para que o público não pensasse que se tratava de uma referência ao personagem do filme “Apocalypse Now” (1979). Na verdade, essa é a exata intenção de King em seu romance.

– Stephen King vendeu os direitos cinematográficos do romance por apenas US$ 1.

– Thomas Jane aceitou fazer o filme porque sua mãe, grande fã de King, lhe pediu. Jane ainda participaria de mais duas adaptações da obra do escritor: “O Nevoeiro” (2007) e “1922” (2017).

– É dito no filme que a raça alienígena foi apelidada de “Ripley”. Esta é uma óbvia referência ao nome da personagem de Sigourney Weaver no filme “Alien: O Oitavo Passageiro” (1979). No longa de Ridley Scott, inclusive, há um gatinho cujo nome é Jonesy.

– A insígnia do general Matheson é, na verdade, uma ombreira da 10ª Divisão da Montanha, com o nome “MOUNTAIN” retirado.

– O diretor Lawrence Kasdan admitiu que o longa causou grandes prejuízos à sua carreira. Após o fracasso de “O Apanhador de Sonhos”, Kasdan deixou de conseguir que outros dois filmes seus fossem produzidos.

– Apesar de ser o principal nome do elenco, Morgan Freeman só aparece em cena por volta dos 40 minutos do filme.

– O filme foi lançado nos Estados Unidos acompanhado do curta-metragem animado “O Voo Final de Osiris”, que pertence ao universo cinematográfico de Matrix. No Brasil, o curta chegou a ser enviado pela Warner Bros. para ser mostrado antes de “O Apanhador de Sonhos”, porém, várias redes de cinemas multiplex preferiram não exibi-lo, causando certa polêmica na época.

– Sétima e última (até o momento) adaptação de uma obra de Stephen King produzida pela Castle Rock Entertainment. As outras foram “Conta Comigo” (1986); “Louca Obsessão” (1990); “Trocas Macabras” (1993); “Um Sonho de Liberdade” (1994); “Eclipse Total” (1995); “À Espera de um Milagre (1999)” e “Lembranças de um Verão” (2001).


CURIOSIDADES COM SPOILERS

– Para diferenciar Jonesy do Sr. Cinza, o ator Damian Lewis procurou imitar os trejeitos do ator Malcolm McDowell na hora de interpretar o alienígena.

– O Sr. Cinza cita um poema enquanto está no corpo de Jonesy. O texto é “Stopping by Woods on a Snowy Evening” (Parando na Floresta numa Noite de Neve), de Robert Frost.


TRAILER