Cemitério Maldito


Adaptação do Livro: Cemitério Maldito (Pet Sematary, 1983)


Adaptação do Conto: ———-


Título Original: Pet Sematary


Ano de Produção: 1983


Duração: 103 minutos


Data de Estreia nos EUA: 21/04/1989


Data de Estreia no Brasil: 12/10/1989


Elenco: Dale Midkiff, Fred Gwynne, Miko Hughes, Brad Greenquist, Denise Crosby, Blaze Berdahl


Direção: Mary Lambert


Sinopse: Em busca de um recomeço, a família Creed se muda para a pacata cidade de Ludlow, no Maine. Louis, o patriarca, trabalha como médico na universidade local, enquanto Rachel cuida dos filhos do casal, Ellie e Gage. Quando Churchill, o gatinho de Ellie, morre atropelado, o vizinho dos Creed, Jud Crandall, resolve contar a Louis sobre o cemitério indígena que existe nas florestas nos arredores de sua propriedade. Segundo Jud, o cemitério tem o poder de ressuscitar os mortos. Tentado a acabar com o luto da filha, Louis resolve enterrar Church no local… e assim cai o primeiro dominó numa série de eventos horripilantes e trágicos que acometerão os Creed.


Disponível no Brasil em: VHS, DVD, Blu-Ray, Streaming (Netflix, Darkflix), VOD (Google Play, Microsoft Store, YouTube, iTunes)


CURIOSIDADES

– Quando Rachel sai do caminhão no qual pegou carona, é possível ver o número 666 estampado no veículo.

– Stephen King faz uma pontinha no filme interpretando o padre que faz as orações durante o enterro de um dos personagens.

– Zelda, irmã de Rachel, é interpretada por um homem de peruca. A decisão foi tomada após o estúdio não conseguir encontrar uma mulher magra o bastante para o papel.

– Sete gatos foram usados para o papel de Church.

– Stephen King exigiu que o filme fosse gravado no Maine e que o roteiro fosse rigorosamente seguido.

– George A. Romero seria o diretor original do filme, mas quando as filmagens demoraram a começar, ele desistiu do trabalho.

– Bruce Campbell, lendário astro de filmes de terror B, foi a primeira escolha para o papel de Louis Creed.

– Tom Savini recusou a chance de dirigir o filme.

– Durante o filme, Jud Crandall menciona que teve um animal chamado “Spot”. “Spot” era o nome do dragão de estimação da família Munster no seriado “Os Monstros” (1964), do qual Fred Gwynne, intérprete de Jud, fez parte.

– O cemitério Micmac foi construído no topo de uma montanha. De acordo com Mary Lambert, buldôzeres foram levados até lá para construírem os montes de pedra.

– O ator Fred Gwynne pintou o cabelo de branco para o papel.

– São atrizes gêmeas que interpretam Ellie Creed. Blaze Berdahl interpreta a menina na maior parte do filme, enquanto sua irmã Beau, que é creditada como Ellie Creed II, aparece apenas em algumas cenas.

– O primeiro filme de Miko Hughes, que só tinha três anos na época das filmagens.

– Mary Lambert disse que Fred Gwynne foi sua primeira e única escolha para o papel de Jud Crandall.

– O ator Brad Greenquist (Victor Pascow) contou que, durante as paradas para o almoço, ninguém queria sentar perto dele devido à sua horrível maquiagem.

– Cada um dos sete gatos utilizados foi treinado para fazer um movimento específico em frente à câmera.

– Stephen King esteve presente durante a maior parte das filmagens. Era fácil para ele, já que sua casa só ficava a 20 minutos de distância.

– No roteiro original, haveria a aparição do Wendigo (um demônio nativo-americano) que é mencionado no romance. O monstro, todavia, foi cortado na versão final. Sua presença é apenas sugerida; enquanto Louis anda pela floresta, ele escuta uma árvore sendo esmagada.

– King é um grande fã dos Ramones e até cita algumas músicas deles no romance. Como forma de agradecimento, a banda compôs e gravou a música “Pet Sematary” especialmente para o filme.


CURIOSIDADES COM SPOILERS

– A casa de Jud era uma fachada construída sobre uma casa menor que já existia. Durante o clímax em que a casa é incendiada, um escudo de amianto foi posto entre as duas propriedades para que a menor não sofresse danos.

– Na casa dos pais de Rachel, é possível ver um retrato de Zelda quando criança, antes de ter meningite espinhal. Mais tarde no filme, Gage é visto usando uma roupa similar a de Zelda naquela foto. Além disso, o bebê, que quando vivo era loiro, exibe cabelos ruivos como o da falecida irmã de Rachel, o que pode indicar que o cemitério Micmac trouxe Gage e Zelda em um único corpo para se vingar dos Creed.


TRAILER