A Janela Secreta


Adaptação do Livro: ———-


Adaptação da Noveleta: Janela Secreta, Secreto Jardim (Secret Window, Secret Garden, 1990)


Título Original: Secret Window


Ano de Produção: 2004


Duração: 96 minutos


Data de Estreia nos EUA: 12/03/2004


Data de Estreia no Brasil: 16/04/2004


Elenco: Johnny Depp, John Turturro, Maria Bello, Timothy Hutton, Charles S. Dutton, Len Cariou


Direção: David Koepp


Sinopse: Morton Rainey é um escritor angustiado. Além de ter passado por um divórcio traumático após sua esposa traí-lo, o autor também sofre de bloqueio criativo. Para tentar encontrar paz e inspiração, Mort resolve ficar um tempo numa casa do lago. Certo dia, porém, um estranho bate à porta do escritor é John Shooter, um caipira que insistentemente acusa Mort de ter plagiado uma de suas histórias. Shooter exige que seu final seja reescrito de acordo com sua ideia original, além de ter seu nome creditado pela autoria da trama. Mort, que tem certeza de que Shooter está enganado, se recusa. Então, as pessoas à sua volta começam a aparecer mortas.


Disponível no Brasil em: VHS, DVD, Blu-Ray, Streaming (Paramount+), VOD (Google Play, YouTube, iTunes)


CURIOSIDADES

– Foi oferecido ao ator Ving Rhames um papel, mas ele precisou recusar devido a conflitos de agenda.

– James Newton Howard iria compor a trilha sonora com Hans Zimmer, mas quando Howard foi substituído, Zimmer resolveu deixar o projeto. Philip Glass e Geoff Zanelli ficaram com o trabalho.

– A estreia do filme foi adiada em um mês para pegar carona no sucesso de “Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra” (2003), também estrelado por Johnny Depp. O longa da Disney lhe rendeu um prêmio no Screen Actors Guild e uma indicação ao Oscar.

– Stephen King trocou os direitos cinematográficos de sua história com a Sony Pictures para ganhar os direitos de adaptação de “Kingdom Hospital” (2004).

– A fala de Johnny Depp “This is not my beautiful house. This is not my beautiful wife. Anymore.” (Esta não é mais minha linda casa, esta não é mais minha linda esposa), é tirada da canção “Once in a Lifetime”, do grupo “Talking Heads”.

– John Turturro decidiu participar do filme porque seu filho, grande fã de King, o convenceu.

– Quando o personagem de Johnny Depp joga o chapéu na mesa, é possível ver uma cópia do livro “Rum: Diário de um Jornalista Bêbado”. Johnny Depp interpretou Paul Kemp, protagonista deste romance, na adaptação “Diário de um Jornalista Bêbado” (2011).

– Na cena em que Mort sonha que cai do sofá, o “abismo” abaixo dele é uma tomada originalmente usada no filme “O Mundo Perdido: Jurassic Park” (1997).

– Dois atores em “A Janela Secreta” interpretaram o personagem Sweeney Todd: o próprio Johnny Depp, que protagonizou “Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” (2007), e Len Cariou, que originou o papel na Broadway.

– A popular revista de mistério “Ellery Queen” é mencionada várias vezes no filme. Stephen King teve seu conto “A Festa de Casamento” publicado na edição de dezembro de 1980 da revista.

– Na revista que deveria conter o conto de Mort, é possível ver que “The Long Walk” é outra história que consta na publicação. A Longa Marcha foi o segundo romance de King publicado sob o pseudônimo Richard Bachman.


CURIOSIDADES COM SPOILERS

– A cena em que Mort olha para o espelho e se vê de costas é uma referência à pintura “La Reproduction Interdite” (A Reprodução Proibida), do artista surrealista belga René Magritte. Magritte também pintou algumas vezes a figura de um homem misterioso de chapéu coco, não muito diferente de Shooter.

– Para a cena em que Mort flagra Amy e Ted no motel, o diretor David Koepp queria que Maria Bello e Timothy Hutton parecessem genuinamente apavorados. Para conseguir o efeito, ele fez os atores permanecerem deitados por 15 minutos. Enquanto isso, a equipe de produção colocava alto-falantes perto do set, que reproduziriam barulhos altos de estática assim que Johnny Depp entrasse no quarto. As luzes no quarto do motel também foram programadas para acender quando Depp abrisse a porta, assustando Bello e Hutton ainda mais.

– 11 anos antes, o ator Timothy Hutton protagonizou a adaptação “A Metade Negra”, que também lida com a premissa de um escritor sendo assombrado por uma manifestação criada por ele.

– Na cena em que Mort entra no banheiro, acreditando que Shooter está se escondendo no local, o escritor acaba quebrando o espelho com um atiçador. O personagem, então, percebe que havia sido sua própria sombra que ele vira no banheiro, prenunciando a grande revelação do filme.

– Em certa cena, Shooter diz a Mort que ele é o tipo de cara que está à procura de uma cabeça para arrebentar com uma pá. É exatamente assim que Mort mata o amante de sua esposa.


TRAILER