A Maldição de Carrie


Adaptação do Livro: ———-


Adaptação do Conto: ———-


Título Original: The Rage: Carrie 2


Ano de Produção: 1999


Duração: 104 minutos


Data de Estreia nos EUA: 12/03/1999


Data de Estreia no Brasil: 16/07/1999


Elenco: Emily Bergl, Amy Irving, Jason London, Eddie Kaye Thomas, Mena Suvari, Dylan Bruno


Direção: Katt Shea


Sinopse: Depois do suicídio de sua única amiga, Rachel Lang nunca se sentiu tão sozinha. A única pessoa que se aproximou dela é Jesse, um rapaz bastante popular no grupo de estudantes que excluem e desprezam a moça. Rachel, porém, tem algo que a separa do resto ela possui o poder de mover as coisas com a mente. Sue Snell, a única sobrevivente do ataque de Carrie, 23 anos antes, pode ter a chave para ajudar Rachel a se acostumar com suas habilidades. Enquanto a moça vai lentamente aprendendo o significado da confiança, uma terrível armadilha está sendo preparada para ela, mas deixá-la irritada pode ser um erro fatal.


Disponível no Brasil em: VHS, DVD, Streaming (MGM)


CURIOSIDADES

– Sissy Spacek recebeu um convite para fazer uma aparição no filme, mas recusou. Ela, porém, permitiu que a diretora Katt Shea usasse algumas cenas do filme original como flashbacks.

– A cena em que as portas de vidro explodem atrás de Rachel levou três tomadas para poder ser concluída. Nas duas primeiras, a atriz Emily Bergl não conseguiu reprimir uma careta em reflexo à explosão. Na terceira tentativa, ela se controlou mostrando um semblante neutro. Os vidros atrás da moça, contudo, acabaram cortando suas costas, braços e pernas. Nas cenas posteriores, os locais onde Bergl se machucou são escondidos deliberadamente.

– Amy Irving é a única atriz do filme original a retornar. Ela estava receosa de voltar ao papel de Sue Snell, e conversou com Brian De Palma, que a tranquilizou.

– No início da produção, o filme seria uma história original. Porém, conforme os produtores foram percebendo as similaridades com “Carrie, a Estranha” (1974), e visto que o longa era feito pela MGM, eles decidiram torná-la uma sequência do filme de Brian De Palma.

– Primeiro papel da atriz Emily Bergl.

– O manicômio mostrado no filme se chama “Arkham”, uma homenagem ao Arkham Asylum das histórias do Batman (que, por sua vez, são uma referência à literatura de H.P. Lovecraft).

– A diretora Katt Shea chegou aos sets em cima da hora das filmagens. Isto porque Robert Mandel era o diretor original. Ele desistiu do filme após ter diferenças criativas com o estúdio, que precisou procurar outro diretor com urgência.

– Eddie Kaye Thomas e Mena Suvari são colegas da franquia “American Pie”.

– Por se recusar a usar uma tomada filmada por seu antecessor, a diretora Katt Shea se viu obrigada a interpretar a promotora pública do filme em uma nova regravação de uma cena, já que o estúdio não queria bancar outra atriz para fazê-lo.

– Alguns personagens têm seus nomes derivados da turma do seriado “Friends”: Rachel Lang (Rachel Green), Monica Jones (Monica Geller), Mark Bing (Chandler Bing).


TRAILER