King of Maine – O Retorno: Parte II (A Missão)

Longos dias e belas noites, Leitores e Leitoras Constantes.

Há mais de uma década iniciei a empreitada de construir um portal que traria novidades sobre a carreira do nosso querido Stephen King, bem como detalharia sua obra com curiosidades e informações. Na época, o site se chamava “SKBrasil”, e nasceu em 11 de novembro de 2009 (e eu só lembro disso porque foi na mesma data do lançamento de “Sob a Redoma” nos Estados Unidos).

Eu fiquei muito feliz porque o site foi bem recebido pelos fãs do King, que costumavam rondar o finado Orkut. Só que o SKBrasil era muito limitado no tocante às ferramentas e ao layout. Por isso, três anos depois, o site evoluiu para o “King of Maine”, que já contava com melhorias consideráveis, e foi conquistando mais seguidores (agora pelo Facebook).

Tudo correu bem pelos anos seguintes e o KoM foi crescendo… assim como eu. Ocupado com a faculdade de Jornalismo, eu tive cada vez menos tempo para administrar o site, e ele foi ficando às moscas até o derradeiro incidente no final de 2016, quando o servidor que hospedava o site apagou todo o conteúdo gráfico do KoM, além de barrar o meu próprio login de administrador. Foi basicamente a gota d’água para me desmotivar a dar continuidade ao site. Pelo Facebook, expliquei o que aconteceu e adiantei que o King of Maine seria suspenso indefinidamente.

Naquele mesmo ano, o site foi retirado do ar, e apenas as redes sociais sobreviveram. Mas eu nunca fiquei feliz com a despedida. Por isso, a quem me perguntava pelo Facebook, eu sempre dizia que não era um adeus definitivo. No fundo, eu sabia que, cedo ou tarde, a roda do Ka do KoM (oi???) giraria de novo.

Hoje o King of Maine está de volta. Mas não foi fácil. Antes que o site pudesse retornar, tive de enfrentar a perda do backup que havia sido feito do antigo KoM. Todo o conteúdo foi perdido, exceto por uma coisa ou outra, e também pelo material que alguns leitores enviaram quando eu solicitei (You Rock!) o que ajudou bastante. Em outras palavras, o site foi recriado praticamente do zero. E a estrada foi longa. Eu coloquei a mão na massa na metade de janeiro deste ano, inocentemente julgando que terminaria tudo em um mês, no máximo dois. Portanto, peço desculpas pela demora do retorno. Vim o mais rápido que pude.

Ainda assim, o site não está 100%. Ainda há alguns probleminhas de formatação e de escrita. Eu revisei o máximo que pude. Poucas seções não foram revisadas ainda (as menos importantes, como Audiobooks e Trilhas Sonoras). Mas é que eu já estava prendendo tanto esse site tentando deixá-lo perfeito, que demorava demais para lançá-lo para vocês. Com o tempo, esses errinhos serão aperfeiçoados.

Seja como for, o “novo” King of Maine terá 99% do conteúdo bacana que vocês viram na encarnação passada do portal isto é, notícias, fichas, curiosidades, etc. O 1% fica por conta da seção dos Downloads. Nesta encarnação, o site só terá conteúdo criado por mim. No mais, caso vocês tenham alguma dúvida acessem a seção do F.A.Q., ou me contatem pelas redes sociais. Ficarei sempre feliz em ajudar.

Quanto a mim, estou feliz de poder voltar a dar atenção a essa minha criação e a vocês. Eu tenho muito orgulho desse site, sobretudo agora, que eu o recriei sozinho. Também fico feliz em compartilhar que, após alguns anos trabalhando como jornalista (algo que amo), ingressei na profissão da tradução (algo que REALMENTE amo). Como vocês bem lembram, era algo que eu perseguia. Consegui me formar numa pós-graduação específica da área, e o ofício tem me dado alguns frutos (embora o objetivo de chegar ao mercado literário ainda não tenha sido alcançado).

Mas como diria Roland, haverá água se Deus quiser.

É isso. Espero que aproveitem a nova versão do KoM tanto quanto aproveitaram a antiga. Ela foi restaurada com todo o amor e carinho. Vejo vocês por aí.

Boni

4 comentários

  1. Bem vindo de volta, querido Boni! Fez muita falta, viu?

Deixe um comentário